Ala ideológica do governo pressiona pela manutenção de Weintraub no MEC

Ala ideológica do governo pressiona pela manutenção de Weintraub no MEC

Foto: Sérgio Lima / Poder360

Enquanto ministros do STF, parlamentares e até membros do governos defendem a demissão do ministro da Educação, Abraham Weintraub, a ala ideológica do governo e os filhos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defendem a permanência do ministro no cargo. Eles argumentam que o titular do MEC “tem um simbolismo muito grande”.
A informação é do blog da Andréia Sadi, no G1, que conta que o grupo aponta a “limpeza de esquerdistas” do MEC como um dos principais feitos da gestão do ministro. Além disso, de acordo com a coluna de Guilherme Amado, na Época, a família Bolsonaro se surpreendeu com o crescimento dele na extrema direita (saiba mais aqui).
Na segunda, Weintraub se reuniu com Bolsonaro, mas o Palácio do Planalto não se pronunciou oficialmente sobre o tema. Mais tarde, em entrevista à BandNews, disse que busca uma “solução” para essa situação.
Enquanto isso, o ainda ministro é investigado no inquérito das fake news por ter dito que “botava esses vagabundos todos na cadeia, começando no STF”, na reunião ministerial do dia 22 de abril.

As informações são do Bahia Noticias

Da redação capimgrosso.com.br

Comments

Comentários no Facebook

shared on wplocker.com