Bolsa Família tem maior corte da história

 Bolsa Família tem maior corte da história

Maria Rosilene da Silva, 41, afirma que teve o benefício cancelado no mês passado | Foto: Beto Macário/Uol

O número de beneficiários pagos pelo Bolsa Família em julho registrou a maior redução em relação a um mês anterior desde o lançamento do programa, em 2003. Entre junho e o mês passado, o número de benefícios encolheu em 543 mil famílias. Segundo apurou o Uol, o corte inclui suspensões para avaliação e cancelamentos. Ao todo, o programa pagou 12.740.640 famílias em julho. O número de bolsas pagas foi o menor desde julho de 2010, quando foram pagas 12.582.844 bolsas. Se compararmos julho de 2014 com o mesmo mês de 2017, houve uma redução de 1,5 milhão de bolsas pagas. Mesmo com os cortes, ainda há mais de meio milhão de famílias na lista de espera para ingressar no programa, sem previsão. Questionado sobre os cortes pelo Uol, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário enviou nota em que não explica a redução e culpa, de forma genérica, a “condução desastrosa da política econômica brasileira e a irresponsabilidade fiscal do governo Dilma Rousseff (PT)”, que “ainda geram impacto na vida dos brasileiros”.

As informações são do Noticias de Santaluz

Comments

Comentários no Facebook

shared on wplocker.com