Bolsonaro vai a culto, chora e fala sobre eleição: “Foi Deus que decidiu”

Bolsonaro vai a culto, chora e fala sobre eleição: “Foi Deus que decidiu”

Pastor Josué Valandro compara presidente eleito com rei Davi

 

por Jarbas Aragão

Reprodução Facebook

O presidente eleito Jair Bolsonaro participou na manhã deste domingo (4) de um culto na Igreja Batista Atitude, congregação que frequenta com sua esposa Michelle. Ela trabalha no ministério de surdos da igreja liderada pelo pastor Josué Valandro Jr.

O político subiu no palco onde deu um breve testemunho e recebeu orações dos presentes. Ele se emocionou e chegou a chorar quando comentou o atentato que quase ceifou a sua vida. Valandro elogiou a simplicidade de Bolsonaro, comparando-o a Davi e lembrou que o rei  bíblico “não era perfeito” mas foi um grande governante.

 

Destacando que espera ver melhorias na saúde e na economia durante o próximo governo, orou para que “o Brasil seja um celeiro próspero, onde haja milagres e maravilhas”.  Em seguida, Michelle Bolsonaro leu o texto de Provérbios 4:25-16.

Em sua fala, Jair Bolsonaro agradeceu por que sobrevivido ao atentado sofrido no dia 6 de setembro, reiterou que tem o “firme propósito de mudar a política brasileira”. Voltou a declarar publicamente sua crença de que só foi vitorioso por que houve uma intervenção divina.

“Lá atrás, há quatro anos, quando eu decidi disputar a Presidência, sem recursos, sem partido, sem tempo de televisão, com grande parte da mídia contrária às nossas propostas, mas, se isso aconteceu no último domingo, só tem uma explicação: Foi Deus quem decidiu”, testemunhou, sob muitos aplausos.

Ao final do discurso, citou novamente o texto da Bíblia que foi seu lema de campanha: “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (João 8:32).

( vídeo reprodução youtube)

Com informações Gospel Prime

Comments

Comentários no Facebook

shared on wplocker.com