Fãs chegam até com malas e lotam velório de Cristiano Araújo, em Goiás

 

Fãs chegam até com malas e lotam velório de Cristiano Araújo, em Goiás

Entrada do público foi autorizada duas horas depois do início da cerimônia.
Corpo da namorada do músico, Allana Coelho, também é velada no local.

 

entra-enterro

 

 

Centenas de fãs lotam o velório do cantor sertanejo Cristiano Araújo, de 29 anos, e da namorada dele, a estudante Allana Coelho Pinto de Moraes, de 19, no Centro Cultural Oscar Niemeyer (CCON), em Goiânia. Entrada do público só foi autorizada após duas horas do início da cerimônia. O casal morreu em um acidente de carro nesta madrugada na BR-153, entre Morrinhos e o trevo de Portelândia, em Goiás. Eles voltavam de um show do músico.

Os fãs começaram a formar filas em frente ao Palácio da Música, no CCON, às 17h, uma hora antes do início do velório. Emocionados, eles cantavam músicas do sertanejo para demonstrar o carinho e admiração ao músico.

 

 

 

A primeira fã da fila, a professora Gilma Maria Reis disse que está aguardando há duas horas para se despedir do cantor. “Meu marido também era fã dele e ficou doente em casa quando soube da morte. Ficaria esperando aqui o tempo que fosse preciso para me despedir dele”, disse.

O motorista Neilton Mendes saiu de Caldas Novas com a mulher, Luciene Mendes, e a filha, Carolina Silva, para que elas pudessem se despedir do ídolo. “Estou muito triste. Agora que ele morreu, não quero saber de mais nenhum cantor”, disse a criança de 10 anos. A garota afirma que sempre que o músico se apresentava na região, ela acompanhava os pais aos shows.

Além dos familiares, alguns amigos famosos estão no local para prestar as últimas homenagens ao cantor. Entre eles está Guilherme, da dupla Guilherme e Santiago, e o ex-BBB Yuri Fernandes. “Éramos amigos de infância, conhecia o Cris desde os 10 anos. Sempre ia aos shows dele, mesmo quando ele ainda não era famoso. É uma perda muito grande”, disse Yuri.

O acidente aconteceu por volta das 3h30 desta quarta-feira (24), na altura do km 614 da BR-153, entre Morrinhos e o trevo de Pontalina, em Goiás, quando o cantor voltava de um show em Itumbiara, no sul do estado.

 

 

No veículo do cantor também estavam o motorista Ronaldo Miranda e um dos empresários do sertanejo, Vitor Leonardo, que se feriram.

O delegado que investiga o caso, Fabiano Henrique Jacomelis, solicitou um laudo cadavérico das vítimas fatais e uma perícia no local do acidente. As análises devem apontar se elas usavam cinto de segurança no momento do acidente.

“O cantor e a namorada foram arremessados para fora do veículo, sendo assim, os indícios apontam que eles não usavam o cinto de segurança. Mas isso só será comprovado com o resultado dos laudos”, disse Jacomelis. Segundo ele, também há sinais de que o motorista e o passageiro do banco da frente estavam com cinto.

Por volta das 14h30, o corpo do sertanejo foi liberado do IML. Familiares de Allana também estiveram em Morrinhos, onde fizeram a liberação do corpo da estudante.

Ao chegar na capital, Cristiano foi levado de helicóptero até o Hospital de Urgências de Goiânia(Hugo), onde a morte foi confirmada, às 8h30. Diretor da unidade, o médico Ciro Ricardo de Castro informou que o cantor já chegou sem vida ao local.

“Ele estava em parada cardíaca irreversível já há algum tempo. Assim mesmo foi monitorizado, avaliado, cumprido todo o protocolo do atendimento. Chegou ao hospital sem vida. Agora, tecnicamente, enquanto está no respirador há necessidade de se avaliar. Quando você constata que há morte encefálica, que não há mais circulação nenhuma no cérebro, aí não há mais o que fazer”, explicou.

 

 

O acidente
O capotamento aconteceu por volta das 3h30 desta quarta-feira (24), na altura do km 614 da BR-153, entre Morrinhos e o trevo de Pontalina, em Goiás, quando o cantor voltava de um show em Itumbiara, no sul do estado. Além de Cristiano e da namorada, estava o motorista Ronaldo Miranda, 40, e um dos empresários do cantor, Vitor Leonardo.

Tanto o motorista quanto o empresário foram inicialmente levados ao Hospital Municipal de Morrinhos e, depois, transferidos ao Instituto Ortopédico de Goiânia (IOG). Ronaldo tem quadro estável, com suspeita de fratura na coluna e traumatismo craniano leve, segundo informaram familiares. Já Vitor tem quadro estável, de acordo com os funcionários do hospital.

Fonte/ G1.com

 

Comments

Comentários no Facebook

shared on wplocker.com