Atlético de Pedras Altas vence o Real DPVAT e levanta a taça da 1ª COPA ARENA CAPIM SOCIETY


Atlético de Pedras Altas vence o Real DPVAT e levanta a taça da 1ª COPA ARENA CAPIM SOCIETY

Arquibancada lotada, bem como os demais espaços da Arena Capim Society, uma das mais elevadas estruturas do interior da Bahia. Em Campo, as melhores equipes da competição decidindo quem ficaria com a taça. Atlético de Pedras Altas x Real DPVAT de Mundo Novo, trazendo como novidade para a partida o atleta Vitinho, que atuou pelo Bahia de Feira de Santana, no campeonato Baiano 2019, com vitória do Bahia da capital na grande final por 1×0.

No primeiro tempo, uma partida de muito equilíbrio, mas no geral, um Atlético mais aguerrido em campo, criando mais oportunidades, para em uma das bolas o atleta Nan marcar o 1º da partida para delírio da galera. Nan jogou em 2014, no Bahia de Feira de Santana, pelo Campeonato Baiano, tendo como parceiro, o ex-atleta profissional Edson Di, que também participou da competição. Final de 1º tempo: 1×0 para o Atlético de Pedras Altas.

No segundo tempo, no primeiro lance, o Real DPAVAT empatou a partida, com gol de Má, deixando o jogo como começou e o clima de muita expectativa no meio dos torcedores, mas o Atlético não desistiu de buscar o gol da vitória e m Danilinho, numa linda jogada empurrou para fundo gol, para delírio de novo da torcida e a festa maior com o apito final decretando Atlético de Pedras Altas campeão da 1ª COPA ARENA CAPIM SOCIETY/2019.

A competição registrou 353 gols marcados, tendo como artilheiro, o atleta Eri do Bahia de Itiúba, com nove gols marcados; melhor goleiro: Whalison do Atlético de Pedras Altas; já o craque da competição, foi Edmundo do América do Junco, para uma competição com 840 inscritos e 71 jogos.

O time campeão além de levantar a taça e pendurar as medalhas no pescoço, levou para casa a quantia de R$ 16.700,00 reais; já a equipe do Real DPVAT, além premiação colocou nos cofres da equipe, na qualidade de vice-campeã, a quantia de R$ 8.400,00 reais.

A competição de maior expressão na história do esporte local, distribuiu ainda: Bahia de Itiúba, com de semifinalista, a quantia de R$ 1.000,00 reais; Lamarão, também na qualidade de semifinalista, recebeu R$ 1.000,00 reais; Whalison, na qualidade de melhor goleiro, além de troféu, recebeu R$ 300,00 reais; Eri, do Bahia de Itiúba, também recebeu R$ 300,00 reais; Edmundo, do América do Junco, como melhor jogador, recebeu também R$ 300,00 reais; a musa Nadja Ribeiro, representante do Estrela de Vila Aparecida recebeu a quantia de R$ 800,00 reais; a 2ª colocada, Laís Santana Ajax, a quantia de R$ 300,00 reais; a 3ª colocada, a quantia de R$ 200,00 reais, para um total de R$ 29.300,00.

Em conversa com Renilton Capim, proprietário do espaço, o mesmo confirmou que após os festejos juninos, estará anunciado a 2ª COPA ARENA CAPIM SOCIETY/edição 2019.

Vale citar ainda que a competição de grande sucesso na Bahia, teve como organizador a pessoa de Valtency Serrano, o popular Cacissa, que na sua avaliação, o campeonato atendeu todas as expectativas possíveis: estrutura, equipes, atletas, parte técnica, parte tática, a participação do torcedor, com um toque de muita beleza com a participação das musas, para uma final composta por 20 lindas garotas, dentre outros pontos que fizeram da 1a COPA ARENA SOCIETY, o maior sucesso da história de 34 anos de Capim Grosso.

 

Texto: Arnaldo Silva, DRT – 2805/BA – Fotos: Valtency Serrano/Facebook.

Com  informações  repórter Bahia

Da  redação  capimgrosso.com.br

Comments

Comentários no Facebook

shared on wplocker.com