Irmãos portadores de distrofia muscular são exemplo de superação e empreendedorismo em Capim Grosso-BA

irmãos-de-capim-grosso---fo

Os irmãos Herlane de Souza Honorato, 37, e Herlean de Souza Honorato, 35 anos, portadores de distrofia muscular, uma das doenças genéticas nas quais os músculos que controlam o movimento enfraquecem progressivamente e no caso deles, tipo cintura (Erb), que é caracterizada por fraqueza predominantemente na cintura pélvica e escapular, é o verdadeiro exemplo de superação. Eles são sócios de uma indústria de sofá na cidade de Capim Grosso, na Bahia.

Eles começaram a trabalhar, no caso de Herlean, ainda menor e Herlane, sempre se posicionou na condução dos negócios. A primeira atividade empresarial foi na linha de crediário e, sem a distrofia muscular aflorar, viajavam pelo interior do estado vendendo de porta em porta produtos relacionados a cama, mesa e banho.

fabrica de sofá

Visando ampliar os negócios, em 2011, continuaram com os crediários, porém mudaram os produtos e começaram a vender estantes, guarda-roupas, cama box e resolveram produzir sofá. “Começamos a produzir, pois queríamos desenvolver um produto de melhor qualidade”, falou Leo, como é conhecido Herlean de Souza.

l&v

Eles vendem os seus produtos em até dez vezes e os créditos são aprovados por eles sem consulta a Serasa ou outro tipo de consulta. “Nossa liberação de crédito é baseado na informação do vizinho. Vizinho sabe de tudo”, brincou Leo.

A indústria L&V gera diretamente na produção 11 empregos e mais 40 no crediário, motorista, vendedores, cobradores, chefe de equipe e utiliza quatro caminhões para distribuir os produtos. A empresa atua em mais da metade dos municípios do estado.

herlane

Leo disse que toca a empresa com facilidade, mesmo se locomovendo em uma cadeira de roda elétrica e conta com a presença de um amigo durante todo o dia que lhe ajuda nos serviços essenciais, desde das necessidades básicas as empresariais, ou seja, algo parecido com o filme “os intocáveis” que conta a história e um aristocrata que, após sofrer um grave acidente, fica tetraplégico e precisa de um assistente que se afeiçoa cada vez mais e não o trata como um pobre coitado. Ele contou que a distrofia muscular começou em 2000 e 2008 passou a usar a cadeira de roda, já que antes, usava um “andador”.

Segundo Herlane de Souza, conhecido por Lano, seu espírito empreendedor começou em 1997 e foram muitos os desafios e as dificuldades. Lembrou que em 1996 foi a São Paulo tentar a sorte, não deu certo, voltou e começaram viajar em um veículo tipo Marajó cedido pelo pai Antonio Honorato para vender crediário.

O Calila esteva na empresa no dia que um consultou dava treinamento a equipe de trabalho.

Depois compraram outra Marajó e trinta dias depois o dono apareceu, pois existia um problema entre a pessoa que vendeu e o dono cujo nome estava no documento do carro, mas tudo foi resolvido, pois já estava com DUT do veículo assinado. Comparam em seguida uma caminhonete D10 e 15 depois foi roubada, isso em 1999. Um tio vendeu a eles uma F-1000 que um primo capotou e depois de reformada foi roubada. Uma moto foi roubada por um vendedor, “enfim, tudo isso em menos de dois anos”, contou Lano.

Sua visão empresarial tem feito com que aconteça cursos de capacitação da equipe, a exemplo deste, cujo funcionários aparecem na foto ao lado de Lano e da esposa Viviane. Este curso foi proferido pelo consultor e economista Fabrício Andrade.
Fabrício, que também presta serviço ao SEBRAE, disse ao CN que não conhece nenhum exemplo de superação. “São verdadeiras histórias de vidas”, falou Fabrício.

lano

“Também quando começou dar certo, as coisas andaram”, comemorou. Lano, como forma de aumentar os negócios, cursou faculdade de administração e contratou um curso de gestão financeira para aprimorar os trabalhos, fazer estudo de rota e diminuir a inadimplência, criando um sistema próprio de aprovação de crédito. “Minha dificuldade é apenas de locomoção” falou Lano.

Outros casos na família – Além dos irmãos, a mãe deles, Marinalva de Souza, 62 anos, também sofre do problema e tudo começou quando teve a última filha, hoje com 33 anos. “Tenho duas irmãs no Ceará e uma no Rio de Janeiro que sofre o mesmo problema” contou Marivalda.

Mãe e filha, sofrem o mesmo drama. A filha disse que a uma esperança na cura pela celula tronco que ainda está em estudo.

Helide de Souza Honorato, 34 anos, irmã de Leo e Lano, contou que vem perdendo as forças e sabe que vai para cadeira de roda. Ele disse que vem tendo dificuldade com os movimentos, mas tem esperança, pois está inscrita no Centro de Pesquisa sobre o Genoma Humano e Células-Tronco da Universidade Federal de São Paulo e deve ser cobaia para o teste da célula tronco. Ela disse ao CN que existem em todo Brasil um mil pessoas sofrendo desse mal. Embora apareça na foto de pé, ela garante que não sai do local se não tiver duas pessoas para lhe ajudar.

Este problema é causado pela ausência de uma proteína essencial para os músculos. Sem essa proteína, o músculo vai degenerando progressivamente. A ausência dessa proteína é causada por um gene defeituoso, embora o problema também possa surgir a partir de uma mutação genética – sem necessidade, portanto, da hereditariedade.

Assista os depoimentos de Leo e Lano aqui na TV Calila

Fonte: Calila Notícias

Ney Rios é eleito presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Capim Grosso

Nesta terça-feira, 16, a Câmara Municipal de Vereadores de Capim Grosso realizou eleição para escolha da nova mesa diretora que conduzirá os trabalhos durante o pleito 2015 e 2016. Onde o vereador Ney Rios foi eleito como Presidente, acompanhado pelos colegas Bruno Vitor como vice-presidente, Vanderley e Antonio de Braz como secretários.

O atual presidente, Manoel Fernandes, se emocionou ao ressaltar as dificuldades de ser vereador nos dias atuais, agradecendo aos pares da casa pelo bom convívio mantido durante o período que esteve na Presidência. Relembrou momentos importantes da gestão, como reabertura do Hospital Capim Grosso, onde os governantes se uniram em prol da população. Listou os números de ações realizadas dentro da casa durante seu pleito:

– 34 projetos aprovados pelo Executivo;
– 23 projetos aprovados pelo Legislativo;
– 128 indicações
– 121 requerimentos.

De forma inesperada e não declarada previamente, a eleição foi concorrida por duas chapas, que foram:

Chapa 1
Presidente: Manoel Fernandes
Vice-Presidente: Vivaldo Moreira
Secretários: Samoel Ferreira/ Arivelton Mota

Chapa 2
Presidente: Ney Rios
Vice-Presidente: Bruno Vitor
Secretários: Vanderley Araújo/ Antonio de Braz

A votação foi feita de forma sigilosa, revelando os nomes somente após a vez de todos os vereadores. A chapa 2 foi eleita com um total de 7 votos, contra 3 da chapa 1, havendo um voto nulo.

A Vereadora Hildete Rios alegou ter confundido o local de marcação do voto. Mas que sua escolha seria pela chapa 2, representada pelo vereador Ney Rios.

Ney Rios fez uso da tribuna após a revelação do resultado, agradecendo a confiança dos votos, elogiou o mandato do ainda Presidente, Manoel Fernandes. Posicionou que seu mandato aproximará a Câmara do povo, convidando os demais vereadores da chapa concorrente a participarem da administração, “sintam-se parte dessa nova gestão”, colocou. Na presença do Prefeito Sivaldo Rios, mencionou a liberdade de voto que foi permitida a todos os vereadores. Ressaltando a importância da exposição dos trabalhos da Casa, manifestou que um dos focos na sua gestão será o amplio dessa divulgação para todas as comunidades do município e cidades da região.

O Prefeito Sivaldo Rios parabenizou o trabalho realizado pelo vereador Manoel Fernandes, mencionando o valor de mais de 200 mil devolvidos ao cofres públicos. “Você marcou uma história, aproximou os vereadores do Poder Público”, elogiou. Mencionou que diversos avanços trazidos para a cidade de Capim Grosso foram conquistados com auxilio da Câmara. Ressaltou a importância da autonomia de voto dada aos vereadores, já que são responsáveis pelo avanço do município.

Texto e Fotos: FR Notícias

Capim grosso: homem esfaqueado na feira livre morre a caminho do hospital

0-facadas-rua-do-peixe--300x225Na Manhã desta Segunda feira (08) por volta das 11:00 em meio a feira livre um Homem identificado por Paulo Vasconcelos Xavier, popularmente conhecido como “Capela”, 40 anos residente no bairro planaltino em Capim Grosso, recebeu um golpe de faca tipo açougueiro na altura das costa por um homem de identidade ignorada. O fato Correu na Rua do Peixe em Capim Grosso, Paulo Ainda saiu correndo e pedindo ajuda chegando ao cair e perdendo muito sangue. A Unidade Móvel SAMU 192 foi acionada realizando os primeiros Socorros, encaminhado a vítima para a Unidade de Pronto Atendimento a UPA 24 Horas.

Capela faleceu quando estava sendo transferido para o HGE, em Salvador. Segundo informações, a vítima faleceu próximo a cidade de Nova Fátima,

De acordo com informações de populares Paulo tinha discutido momentos antes com o autor do crime, onde o mesmo mandou Paulo esperar que ele voltava.

A Policia Militar esteve no local fazendo as averiguações, e registrando o fato, fazendo diligencia nas imediações na tentativa de identificar e prender o indivíduo porem não obteve êxito, a faca utilizada no crime não foi encontrada.

Da redação www.contornofm.com/ Foto: FR Notícias

Itatiaia FM comemora um ano de atividade

logo_itatiaiaNeste domingo dia 30 a Rádio Comunitária Itatiaia FM, comemorou um ano de atividade, e realizou um grande evento com participação da comunidade. Na oportunidade foi realizado um show de talentos com apresentações musicais na categoria gospel e popular, a comunidade encheu a quadra municipal prestigiando as apresentações e conhecendo a equipe de locutores e direção pois a maioria deles eram conhecidos só por voz, houve também apresentações culturais, como danças e poesias

Todos os membros da diretoria se pronunciaram reforçando a importância da emissora, citando também os desafios da instituição que segundo eles são vencidos a cada dia

A noite foi encerrada ao som de muita música com uma banda local que fez todo mundo balançar pra fechar com chave de ouro a data tão importante pra comunidade Itatiaiense.

 

Confira matéria em áudio com Adelson Oliveira – Repórter da Contorno FM

Empresa vai implantar e operar parques eólicos em Jacobina

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a formação de uma joint-venture entre a Renova Energia e a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), para a implantação e operação de novos parques eólicos na cidade de Jacobina, na Bahia.

As informações constam em um despacho publicado no Diário Oficial da União. Segundo as empresas, os parques terão capacidade instalada de 676,2 megawatts (MW). Além disso, cada companhia terá metade da nova empresa.

“Como os empreendimentos ainda serão construídos, pode-se afirmar que a operação não gerará qualquer impacto imediato no mercado brasileiro de energia”, afirmaram as empresas.

Fonte: Correio 24 Horas

Prefeitura Informa reposição de lâmpadas

PROGRAMA NOVA ILUMINAÇÃO PUBLICA

A Secretaria de Obras, Urbanismo, Meio Ambiente e Turismo, informa à população que a partir do dia 24 de novembro estará fazendo reposição lâmpadas – Programa Nova Iluminação Publica. Conforme programação a seguir:

 

  • 24/11/2014 – bairro Planaltino;
  • 25/11/2014 – bairros Oliveira e São Luis;
  • 26/11/2014 – bairros Vicente Ferreira, Jardim Araújo e Novo Oeste;
  • 27/11/2014- bairros Sacramento, Jardim Formoso, Canto da Seriema, José Mendes;
  • 27/11/2014 – bairros Água Nova e Melâncias e os Povoados de Caiçara, Peixe Pedras Altas.

ASCOM – PMCG