Indiana Bharat fecha acordo para fornecer vacina contra Covid-19 a empresa brasileira

Foto: Reprodução / Getty

A indiana Bharat Biotech anunciou hoje que assinou acordo de fornecimento de sua vacina contra covid-19 Covaxin para a empresa brasileira Precisa Medicamentos e que a prioridade será dada ao setor público, por meio de acordo com o governo brasileiro. A companhia disse ainda que o fornecimento a clínicas privadas de vacinação no Brasil pode ocorrer após aprovação do imunizante pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).
“O nosso objetivo para todas as vacinas desenvolvidas na Bharat Biotech é proporcionar o acesso global às populações que mais necessitam delas. A Covaxin gerou excelentes dados de segurança com respostas imunológicas robustas a múltiplas proteínas virais. Estamos satisfeitos ao verificar que as vacinas da Índia são capazes de responder às necessidades da saúde pública do Brasil”, disse o presidente e diretor-geral da Bharat Biotech, dr. Krishna Ella, segundo comunicado da empresa.
De acordo com o Uol, representantes da Precisa Medicamentos estiveram nas instalações da Bharat na semana passada e se reuniram com representantes da companhia, de acordo com o comunicado. Na reunião, o embaixador brasileiro na Índia, André Aranha participou virtualmente.
A Covaxin é uma vacina aplicada em duas doses que está passando por testes clínicos de Fase 3 na Índia com cerca de 26 mil voluntários desde meados de novembro. A candidata a vacina, que já recebeu autorização para uso emergencial na Índia, usa a tecnologia de vírus inativado e, de acordo com a Bharat, apresentou “resultados promissores de segurança e resposta imunológica, que receberam aceitação por revistas científicas internacionais” no estudo clínico de Fases 1 e 2.
Na semana passada, a ABCVAC (Associação Brasileira das Clínicas de Vacinas) enviou uma delegação à Índia para negociar a possível compra de doses da Covaxin para serem comercializadas por clínicas privadas.

As informações são do Bahia Noticias

México autoriza vacina contra a Covid-19 da Pfizer

 

 

México autoriza vacina contra a Covid-19 da Pfizer

Primeira remessa do antídoto será aplicada nos profissionais de saúde

Foto: Reprodução Instagram Pfizer

O México anunciou na última sexta-feira (11) a autorização para uso emergencial da vacina contra a Covid-19 da Pfizer. A Comissão Federal de Proteção contra Riscos à Saúde do governo do México (Cofepris), órgão correspondente à Anvisa, foi o responsável pela liberação do antídoto.

Com a autorização, o México é o sexto país no mundo a iniciar a imunização de sua população, depois do Reino Unido, Bahrein, Canadá, Arábia Saudita e Estados Unidos.

O governo mexicano irá comprar 34,4 milhões de unidades do remédio da empresa americana Pfizer e BioNTech. A primeira remessa da vacina será aplicada nos 125 mil profissionais da área de saúde na terceira semana deste mês.

As informações são do Varela Noticias

Sobreviventes da Covid-19 relatam perda de dentes depois da infecção

Foto: Reprodução / Metrópoles
Quase um ano após o começo da pandemia de coronavírus, médicos e pesquisadores ainda estão descobrindo como o vírus age. A observação do grupo de pacientes com Covid-19 persistente, que sentem os sintomas da doença por muitos meses, ainda oferece novas informações sobre o Sars-CoV-2 todos os dias — a última notícia é que alguns experimentam queda nos dentes.
De acordo com o Metrópoles, nos Estados Unidos, há vários relatos de pessoas que perderam dentes sem nenhum sangramento.Uma das mulheres estava tomando sorvete quando o dente caiu e um garoto de 12 anos perdeu um dos dentes permanentes. Outros pacientes contam ainda que a gengiva ficou sensível, que alguns dentes ficaram cinza ou frágeis o suficiente para perder lascas. A maioria dessas pessoas tem sintomas como dedos dos pés inchados e queda de cabelo.
Não é comum que dentes caiam sem sangramento, diz William Li, diretor médico de uma ONG americana que estuda doenças dos vasos sanguíneos, ao New York Times. Segundo ele, este sintoma pode ser sinal de algo errado nos vasos sanguíneos das gengivas — nesse caso, o dente pode acabar morrendo e cair sem dor.
No restante do corpo, pacientes com quadros graves da infecção produzem muitos coágulos e trombos, o que pode estar acontecendo também na boca.
“A gengiva é muito sensível a reações hiper inflamatórias, e pacientes com Covid-19 persistente certamente se encaixam nesta categoria”, explica o dentista Michael Scherer. Os especialistas chamam atenção ainda para a saúde bucal: pessoas que já tinham problemas odontológicos podem ter pré-disposição à queda dos dentes.

As informações são do Bahia Noticias

Baiana é uma das vítimas do atentado à Basílica de Notre-Dame, na França

Foto: Reprodução/RFI
O Consulado Geral do Brasil em Paris confirmou que há uma brasileira entre as vítimas do atentado ocorrido nesta quinta-feira (29) na Basílica de Notre-Dame, em Nice, cidade francesa (reveja). Trata-se da baiana, de Salvador, Simone Barreto Silva de 44 anos. 
De acordo com a emissora francesa RFI, uma prima da vítima afirmou que Simone morreu em um restaurante próximo ao local, para onde tentou fugir. A baiana vivia na França há 30 anos e deixa três filhos.
As últimas palavras de Simone teriam sido: “Diga aos meus filhos que eu os amo”.
Um dos proprietários do restaurante l’Unik, onde Simone chegou completamente ensanguentada, Brahim Jelloule, falou à TV France Info, ainda em estado de choque, que esteve em contato com Simone nas sua última hora e meia de vida. “Ela atravessou a rua, toda ensanguentada, e meu irmão e um dos nossos funcionários a recuperaram, a colocaram no interior do restaurante, sem entender nada, e ela dizia que havia um homem armado dentro da igreja.
O irmão de Jelloule e o funcionário chegaram a entrar na igreja, mas viram o homem armado com uma faca, foram ameaçados e saíram correndo para não morrerem também. Foram eles que acionaram a polícia. Segundo Jelloule, Simone morreu uma hora e meia depois de ter sido ferida. O atentado ocorreu às 9h da França. 
A RFI também está em contato com o Consulado do Brasil em Paris, que falou brevemente com a irmã da vítima, e disse que está em acompanhando o caso e pode ajudar nos trâmites burocráticos. O cônsul honorário do Brasil em Nice também está em contato e deve dar mais informações na sexta-feira pela manhã. O Consulado ainda não foi informado oficialmente pela Polícia francesa.
SIMONE CELEBRAVA YEMANJÁ NA FRANÇA
Nascida no Lobato, na Cidade Baixa, no subúrbio de Salvador, Simone Barreto, 44, estava na a França “há pelo menos 30 anos”. Simone tinha formação de cozinheira e atualmente trabalhava como cuidadora de idosos. Ela tinha nacionalidade francesa.
Segundo membros da Ala Mulheres na Resistência da Lavagem da Madeleine, evento cultural brasileiro que acontece há 19 anos em Paris, Simone e suas irmãs “participaram da Ala em 2019 e não vieram este ano por causa da Covid-19”. Ela teria vindo a Paris em 2019 com uma filha, ainda bebê.
Além disso, Simone era agitadora cultural em Nice e teria organizado, com suas irmãs e primas, a Festa de Yemanjá de Nice.
A reportagem da RFI falou com a Delegacia Central de Polícia de Nice, que não confirmou a informação, pois o delegado responsável pela Imprensa “teve um dia muito duro” e não faria plantão na noite desta quinta-feira.

As informações são do Bahia Noticias

“Nasci para tirar minha roupa”, diz ex-pastora que fatura mais de R$ 500 mil por mês vendendo fotos íntimas

“Nasci para tirar minha roupa”, diz ex-pastora que fatura mais de R$ 500 mil por mês vendendo fotos íntimas

Caso aconteceu nos Estados Unidos

Foto: Reprodução
A americana Nikole Mitchell, de 36 anos de idade, é um exemplo de reviravolta na vida. Ex-pastora e de família batista, Mitchell atualmente é modelo do site de entretenimento adulto OnlyFans, uma das maiores plataformas de entretenimento adulto da internet, e arrecada aproximadamente US$ 100 mil (cerca de R$ 560 mil) por mês.
A modelo passou 20 anos de sua vida se dedicando à igreja. Sua entrega para a igreja era tamanha que entre os anos 2001 e 2007, quando estava na universidade, não teve nenhum tipo de relacionamento com homens, pois estava se dedicando 100% à vida cristã.
“Eu parei de me encontrar com homens totalmente. Era horrível ficar com garotos no colégio, no sexo da adolescência não sabemos exatamente o que estamos fazendo. Decidi parar de ver qualquer um durante meu período na universidade”, disse ela ao site Uol.
Nikole se casou em 2009, teve três filhos e tempo depois se separou. No ano de 2017 ela abandonou de vez a igreja e em 2019 entrou para o OnlyFans. “Eu honestamente acho que nasci para tirar a minha roupa, parece uma chamada”, declarou.

As informações são do varela noticias

Hidroxicloroquina tem efeito contra Covid-19 em macacos, mas não em células humanas

Hidroxicloroquina tem efeito contra Covid-19 em macacos, mas não em células humanas

Foto: Reprodução

Um estudo publicado nesta quarta-feira (22) na revista Nature aponta que a hidroxicloroquina desenvolveu algum efeito antiviral no organismo de macacos infectados com o novo coronavírus. No entanto, o efeito não foi observado em humanos. De acordo com o portal Viva Bem, do Uol, os cientistas afirmaram que “a hidroxicloroquina mostrou atividade antiviral em células renais do macaco verde africano, mas não em um modelo de epitélio das vias aéreas humanas reconstituído”. Para chegar a esse resultado, os pesquisadores tiveram que utilizar diversas estratégias, como administrar a hidroxicloroquina junto com a azitromicina. Quando usado de forma isolada ou como profilaxia, não teve resposta eficaz nem em macacos. “Nossos resultados não apoiam o uso de hidroxicloroquina, isoladamente ou em combinação com azitromicina, como tratamento antiviral para a covid-19 em humanos”, escreveram os cientistas. O estudo foi fruto de uma parceria entre as universidades de Paris e Aix Marselha. Também participaram o Instituto Pasteur e o Centro Nacional de Referência de Vírus das Infecções Respiratórias da França.

As informações são do Noticias de Santaluz

Da redação capimgrosso.com.br

Polícia de Angola faz ações de buscas e apreensão contra pastores da Igreja Universal

Polícia de Angola faz ações de buscas e apreensão contra pastores da Igreja Universal

Foto: Divulgação / IURD

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) da Polícia Nacional de Angola fez ações de busca e apreensão contra pastores da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) no país africano. Templos religiosos também foram alvo dos mandados judiciais do SIC, espécie de Polícia Federal de Angola. As informações são do portal UOL.
Os policiais apreenderam computadores, câmeras de segurança, livros da contabilidade e documentos bancários. Também procuraram cofres e fundos falsos em paredes, além de fotografarem cartões de crédito e papéis de bancos. A investigação mira suspeitas de evasão de divisas e de lavagem de dinheiro.
A ação aconteceu na sexta-feira (10). Segundo a TV Record, que pertence ao líder da Universal, Edir Macedo, cerca de “80 agentes” da polícia fizeram buscas em “mais de 20 casas”. O líder da Universal em Angola, bispo Honorilton Gonçalves, nega qualquer irregularidade e diz ver “perseguição” religiosa no caso.
A IURD tem 43 anos e 10 milhões de fiéis pelo mundo. Há 12 mil templos espalhados por 135 países. A organização está em Angola desde 1992.

As informações são do Bahia Noticias

Da redação capimgrosso.com.br

Vacina de Covid-19 funciona em testes e Pfizer pode produzir 1 bilhão de doses

Vacina de Covid-19 funciona em testes e Pfizer pode produzir 1 bilhão de doses

Foto: Reprodução / Agência Brasil

A vacina experimental contra o novo coronavírus produzida pela farmacêutica Pfizer, em parceria com a empresa de biotecnologia BioNTech, demonstrou bons resultados em testes com humanos. A vacina estimulou a resposta imune dos pacientes saudáveis, informou a Exame.
No entanto, a vacina também causou efeitos colaterais, como febre, em doses mais altas.
Em testes iniciais, a vacina foi capaz de gerar anticorpos contra a Covid-19 e alguns deles chegaram a neutralizar o vírus, o que pode significar que é capaz de parar o funcionamento dele. De acordo com a reportagem, ainda não se sabe se esse nível mais alto de anticorpos é realmente capaz de gerar imunidade à doença. A Pfizer irá conduzir novos estudos em breve para provar que quem tomou a vacina é 50% menos vulnerável ao vírus.
TESTES
O estudo realizado foi randômico e testado em 45 voluntários que receberam três doses da vacina ou placebo. Destes, 12 receberam uma dose de 10 microgramas, outros 12 tomaram 30 microgramas, mais 12 receberam uma dose de 100 microgramas e nove foram tratados com a versão em placebo da vacina. A dose mais alta, de 100 microgramas, causou febre em metade dos participantes do teste — por conta dos efeitos colaterais, o grupo não recebeu uma segunda dose.
Depois de uma segunda dose da injeção três semanas depois da primeira, 8,3% dos participantes do grupo de 10 microgramas e 75% do grupo de 30 microgramas também tiveram febre. Outro sintoma apresentado foram distúrbios de sono. Os pesquisadores, no entanto, não consideraram os efeitos colaterais sérios e não resultaram em hospitalizações.

As informações são do Bahia Noticias

Da redação capimgrosso.com.br

Testes de vacina chinesa para Covid-19 sugere imunização como segura e eficaz


Testes de vacina chinesa para Covid-19 sugere imunização como segura e eficaz
Foto: Reprodução/CDC
Uma farmacêutica chinesa divulgou informações positivas sobre os primeiros resultados dos ensaios clínicos para uma vacina contra a Covid-19. A substância desenvolvida e testada pelo Grupo Nacional Biotec da China (CNBG) sugere que a imunização seja segura e eficaz. As informações foram divulgadas  neste domingo (28), de acordo com reportagem do Bem Estar, no portal G1.
As doses aplicadas de modo experimental induziram a criação de anticorpos “de alto nível” em todos os participantes inoculados em um ensaio clínico de Fase 1 e 2 com mais de 1,1 mil voluntários, diz a matéria. A substância foi produzida por uma unidade da estatal em Pequim.
Segundo a agência Reuters, a farmacêutica fez o anúncio na rede social chinesa WeChat, e citou a produção de um estudo que não foi divulgado.
Na China pelo menos oito pesquisas em curso tentam achar a vacina para a Covid-19 e já estão na fase de testes em humanos, ressalta o G1.
As informações são do Bahia Noticias

 

Da redação capimgrosso.com.br

Grupo dono da Zara anuncia fechamento de 1.200 lojas após queda nas vendas


Grupo dono da Zara anuncia fechamento de 1.200 lojas após queda nas vendas

Foto: Reprodução / Twitter

Maior varejista de roupas do mundo e dona das redes Zara e Massimo Dutti, a Inditex anunciou na última quarta-feira (10) um e 2,7 bilhões de euros (R$ 15,23 bilhões) que prevê o fechamento de 1.200 lojas como parte de uma tentativa de impulsionar as vendas.
O grupo estabeleceu uma meta de vendas online que representarão 25% do total de vendas até 2022, contra 14% em 2019. A Inditex planeja gastar 900 milhões de euros (cerca de R$ 5 bilhões) anualmente nos próximos três anos para melhorar sua tecnologia e enfocar em suas melhores lojas.
De acordo com o presidente-executivo do grupo, Pablo Isla, o estoque do grupo era 10% menor no final do trimestre do que no ano anterior. “Compramos semanalmente, e no início de maio começamos a comprar novamente”, explicou.
Além de fechar lojas, a Inditex disse que planeja abrir 450 novos pontos, avançando para um modelo de espaços maiores. A maioria das lojas que vão fechar são as mais antigas.
De acordo com o grupo, a posição de caixa líquido da empresa ficou em 5,8 bilhões de euros no final de abril, em comparação com 6,7 bilhões em abril do ano passado.

As informações são do Bahia Noticias

Da redação capimgrosso.com.br