2ª Festa solidária do Maraca é realizada em Serrolândia

 

Na noite do último sábado 15 de janeiro de 2022, foi
realizada na Cidade de Serrolândia a 2ª Festa Solidária do Maraca.

   A Festa
beneficente aconteceu no CRESS CLUBE, com intuito de arrecadar alimentos para
distribuir para famílias carentes. 

Ciel Pancadão iniciou o evento logo após a Banda Chefe é
Chefe e pra fechar com chave de ouro o evento, ele Brankinho o Pancadão da
Bahia e ao intervalos Gordo Paredão, a entrada foi apenas 2 kg de alimentos não perecíveis.

“Todos os alimentos arrecadado serão distribuído com as famílias
carentes”

Realização Maraca Produções, Sonorização Ney Som 

Fotos: Foguinho Eventos 

Por Everaldo Ribeiro DRT 008896-BA

Créditos desta matéria – http://www.foguinhoeventos.com/

China anuncia acordo com Irã e reforça oposição às sanções dos EUA

Ao mesmo tempo em que reforçou sua oposição às sanções dos EUA contra o Irã, a China anunciou neste sábado (15) a implementação de um acordo estratégico de 25 anos com Teerã, ampliando a cooperação econômica e política entre os dois países.

O chanceler chinês, Wang Yi, e seu contraparte iraniano, Hossein Amir-Abdollahian, reuniram-se nesta sexta-feira (14) em Wuxi, no leste da China, segundo comunicado do Ministério das Relações Exteriores de Pequim.

“Enquanto preparávamos a visita à China, planejamos marcar o dia de hoje como o início da implementação do acordo entre os dois países”, disse o chanceler iraniano, que está em sua primeira viagem à China no cargo, sem anunciar projetos ou parcerias específicas, de acordo o site Al Jazeera.

No comunicado, Wang disse que o acordo irá aprofundar a cooperação sino-iraniana em áreas como energia, infraestrutura, agricultura, saúde e cultura, bem como cibersegurança e colaboração com outros países.

O tratado foi assinado em 2021, após anos de negociações entre os países, e configura a entrada do Irã para a Iniciativa do Cinturão e da Rota, um projeto trilionário de infraestrutura para ligar o Leste asiático à Europa.

A iniciativa tem como objetivo expandir significativamente a influência política e econômica da China, motivando preocupações nos EUA e em outros países.

Não há muitos mais detalhes sobre o acordo, mas o jornal americano The New York Times divulgou, em 2020, que um dos projetos garantiria o abastecimento regular de petróleo para a China.

Pequim é o principal parceiro comercial de Teerã e era um de seus maiores compradores de petróleo até o então presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reimpor sanções ao país persa em 2018. Oficialmente, a China interrompeu a importação, mas analistas dizem que o petróleo iraniano continua entrando, mas com procedência oficial de outros países.

A busca por Pequim em fortalecer os laços com Teerã já ocorre há alguns anos. Em uma rara visita ao país persa, em 2016, o dirigente chinês, Xi Jinping, classificou a República Islâmica como “o principal parceiro da China no Oriente Médio”.

Wang aproveitou o momento para reforçar a oposição de Pequim contra as sanções impostas por Washington a Teerã e declarou seu apoio à retomada das negociações do acordo nuclear –abandonado por Trump em 2018.

As tratativas recomeçaram, de maneira indireta, no ano passado, com diplomatas de Irã, Reino Unido, China, Alemanha, Rússia e França, em Viena. Uma pessoa próxima às negociações disse à agência de notícias Reuters, no entanto, que muitas questões seguem sem serem resolvidas. Já o chefe da diplomacia europeia, Josep Borrell, considerou nesta sexta ser possível que se chegue a um acordo nas próximas semanas.

Wang disse que os americanos são os principais responsáveis pelas dificuldades enfrentadas, já que desembarcou do acordo. O diplomata também disparou contra o rival EUA –com quem a China vive uma espécie de Guerra Fria 2.0– ao se opor, além das sanções, à manipulação política por meio de tópicos como direitos humanos e interferência nos assuntos internos do Irã e de outros países regionais.

A imprensa oficial de Teerã divulgou neste sábado que os negociadores voltaram a seus respectivos países para consultas e que retornarão à capital austríaca dentro de dois dias. Segundo o órgão, as negociações estão em um ponto crítico, no qual serão abordadas questões difíceis. “Estamos na fase dos detalhes, a parte mais difícil das negociações, mas que é essencial para atingirmos nosso objetivo.”

O acordo de 2015, conhecido como Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA, na sigla em inglês), contemplava suspender algumas sanções econômicas contra o Irã em troca de limites rígidos a seu programa nuclear.

Depois que Trump retirou os EUA do pacto, o Irã passou a ultrapassar os limites da atividade nuclear. Nos últimos meses, o país começou a enriquecer urânio a níveis sem precedentes e restringiu as atividades dos inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), organismo da ONU responsável por supervisionar as instalações iranianas.

O post China anuncia acordo com Irã e reforça oposição às sanções dos EUA apareceu primeiro em Jornal de Brasília.

Créditos desta matéria – noticias.r7.com/

Brankinho e Denilson RIbeiro animal noite de sexta no Capim Club Rall

 

Na última sexta-feira, 14 de janeiro de 2022, foi realizada
com sucesso a festa no Capim Club Rall em Capim Grosso-BA.

Brankinho Pncadão e Denílson Ribeiro animaram a festa, a
festa foi realizada no espaço Capim Club Rall com os portões abertos.

Neste sábado Brankinho irá realizar um Show Beneficente na
cidade de Serrolândia entrada 2 Quilos de alimentos

Por Everaldo Ribeiro DRT 008896-BA.

Créditos desta matéria – http://www.foguinhoeventos.com/

Vulcão em erupção provoca tsunami em Tonga

A erupção de um vulcão submarino em Tonga, na Oceania, causou tsunamis na capital do país, Nuku’alofa, e na Samoa Americana, segundo uma base dos Estados Unidos na Samoa. Há alertas também para ilhas próximas ao vulcão, no sul do Pacífico.

O vulcão Hunga Tonga-Hunga Ha’apai, localizado a cerca de 65 km ao norte da capital tonganesa, entrou em erupção na madrugada deste sábado (15) e provocou um tsunami de 1,2 metro, segundo o Escritório de Meteorologia australiano. A agência afirmou que monitora o evento, mas que não há ameaça de tsunami para a Austrália.

A erupção durou oito minutos e foi tão forte que foi ouvida “como um trovão distante” nas Ilhas Fiji, a mais de 800 km de distância, disseram autoridades de Fiji.

A população das ilhas de Tonga fugiu para lugares mais altos, enquanto casas eram destruídas pela água.
Medidores registraram ondas de tsunami de 83 centímetros em Nuku’alofa e de aproximadamente 60 centímetros em

Pago Pago, capital da Samoa Americana, segundo o Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico.

O rei de Tonga, Tupou 6º, foi evacuado do palácio real em Nuku’alofa e levado para uma vila longe da costa.

Nas redes sociais, há vídeos das ondas chegando à praia e invadindo casas.

“Foi uma grande explosão”, disse uma moradora, Mere Taufa, ao site de notícias Stuff. “O chão tremeu, a casa inteira foi sacudida. Veio em ondas. Meu irmão mais novo acreditava que bombas estavam explodindo perto de nossa casa.”

Poucos minutos depois, a água invadiu sua casa e ela viu o muro de uma casa vizinha desabar. “Sabíamos imediatamente que era um tsunami, com a água invadindo a casa. Houve gritos por toda parte e todos começaram a fugir para as alturas”, acrescentou.

Jese Tuisinu, repórter a TV Fiji One, postou um vídeo no Twitter mostrando a população tentando fugir das ondas que se aproximam de seus carros. “Está literalmente escuro em partes de Tonga e as pessoas estão correndo para lugares seguros após a erupção”, disse ele.

Na sexta-feira, cinzas, vapor e gás do vulcão se dispersaram pelo ar em uma distância de até 20 km no ar, segundo o Serviço Geológico de Tonga.

Victorina Kioa, da Comissão de Serviços Públicos de Tonga, pediu às pessoas que “fiquem longe de todos os lugares ameaçados, ou seja, praias, recifes e todas as costas planas”.

Fiji emitiu um alerta de tsunami, pedindo aos moradores que evitem a região do litoral devido a fortes correntes e ondas perigosas.

A agência de gerenciamento de emergências da Nova Zelândia também divulgou um aviso de possibilidade de correntes fortes e incomuns e ondas imprevisíveis na costa norte e leste do país.

O post Vulcão em erupção provoca tsunami em Tonga apareceu primeiro em Jornal de Brasília.

Créditos desta matéria – noticias.r7.com/

Copa Jacuípe Sub-15, Várzea da Roça goleia a seleção de Quixabeira

Em mais uma rodada da Copa Jacuípe Sub-15, Várzea da Roça jogou contra a seleção de Quixabeira, e fez 4 gols em cima da seleção oponente no Estádio Municipal da cidade!

Os nossos craques continuam fazendo um show em cada jogo que participam. E, desse jeito, vamos avançando rumo à conquista da taça!

Prefeitura Municipal de Várzea da Roça 

Amor por nossa Gente

Créditos desta matéria – http://www.foguinhoeventos.com/

Confirmados quatro casos de H3N2 em Baixa Grande

 

A prefeitura Municipal de Baixa Grande, por meio da Secretaria de Saúde, informou que foi identificado nesta quinta-feira, 13 de janeiro de 2022, quatro casos positivos para a influenza H3N2.

O vírus H3N2 é uma variante do vírus Influenza A, que é um dos principais responsáveis pela gripe comum e pelos resfriados, sendo facilmente transmitido entre pessoas por meio de gotículas liberadas no ar quando a pessoa gripada tosse ou espirra.

Créditos desta matéria – http://www.foguinhoeventos.com/

Matrículas Escolares 2022 Aberta das Unidades de Ensino da Rede Pública Municipal de Várzea da Roça.

 Portaria N° 001/2022
Dispõe sobre as normas para realização das Matrículas Escolares 2022 das Unidades de Ensino da Rede Pública Municipal de Várzea da Roça.
Art.8º- No ato da matrícula será necessário apresentar cópia dos seguintes
documentos:
I- Certidão de nascimento ou casamento do(a) aluno(a);
II- CPF do (a) aluno (a);
III-RG do (a) aluno (a);
IV- Comprovante de residência (cópia);
V- Histórico escolar ou atestado para comprovar ano/série do aluno;
VI- Número de Identificação Social-NIS;
VII- Cartão do SUS;
VIII- Cartão de vacinação atualizado dos estudantes de 0 a 18 anos;
IX- Laudo médico ou relatório do atendimento educacional especializado de
estudantes com deficiência (quando houver);
X-1 foto 3×4.
§ 1º Os alunos que serão matriculados do 2° ao 9° ano escolar do Ensino
Fundamental e EJA deverão apresentar o documento equivalente à comprovação de
escolaridade.
§ 2º Para os alunos maiores de 18 (dezoito) anos exigir-se-á, além dos
documentos especificados neste artigo, apresentação de cópias do Título de Eleitor, Certificado de Alistamento Militar, se homem.
Prefeitura Municipal de Várzea da Roça 
Amor por nossa Gente

Créditos desta matéria – http://www.foguinhoeventos.com/

Anvisa volta a contar prazo de análise do uso da Coronavac em crianças

Raquel Lopes
Brasília, DF

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) voltou a contar, nesta quinta-feira (13), o prazo de análise do pedido do Instituto Butantan para utilizar a Coronavac na vacinação do público de 3 a 17 anos.

O prazo havia sido suspenso na última terça-feira (11) porque a agência havia pedido esclarecimentos adicionais sobre o estudo conduzido pelo governo chileno sobre a vacinação desse público.

Nesta quinta, a Anvisa se reuniu com representantes do Instituto Butantan, pesquisadores chilenos, técnicos do laboratório Sinovac e representantes da SBI (Sociedade Brasileira de Infectologia), do SBP (Departamento de Infectologia da Sociedade Brasileira de Pediatria), da SBI (Sociedade Brasileira de Imunologia) e da Abrasco (Associação Brasileira de Saúde Coletiva).

A atividade faz parte do processo de avaliação do pedido de indicação da Coronavac. Na ocasião, foram apresentados e analisados dados de pesquisas e estudos feitos pelo governo chileno durante a aplicação da vacina Coronavac em crianças e adolescentes no Chile.

Os especialistas convidados irão emitir pareceres que serão enviados para a Anvisa.

O Butantan encaminhou no dia 15 de dezembro à Anvisa a documentação sobre o pedido de vacinação de crianças e adolescentes. No dia 22, a agência fez a primeira exigência técnica, travando o prazo de 30 dias de análise.

A Anvisa informou que já foram usados 16 dos 30 dias de prazo de análise sobre a aplicação da Coronavac em crianças e adolescentes. Ou seja, a agência ainda terá 14 dias para avaliar o pleito do Butantan após a retomada da contagem.

“A avaliação está entrando na fase etapa final e próxima da decisão final. O relatório da área técnica será votado em reunião extraordinária da diretoria colegiada da Anvisa”, disse em nota.

Em agosto, a diretoria da Anvisa negou pedido de uso da Coronavac no grupo de 3 a 17 anos sob argumento de falta de dados.

O Ministério da Saúde avalia usar a Coronavac em crianças, caso haja aprovação da Anvisa. Como a vacina é do mesmo modelo aplicado em adultos, estados já se planejam para destinar doses estocadas ao público mais jovem.

A vantagem da Coronavac é a disponibilidade de doses, devido ao fato de que o imunizante parou de ser usado pelo governo federal.

O post Anvisa volta a contar prazo de análise do uso da Coronavac em crianças apareceu primeiro em Jornal de Brasília.

Créditos desta matéria – noticias.r7.com/

Várzea da Roça enfrentará Quixabeira pela Copa Jacuípe Sub-15 nesta quinta (13)

Fiquem ligados porque nesta quinta-feira, 13 de janeiro de 2022 terá mais um jogo da Copa Jacuípe Sub-15. 
A seleção de Várzea da Roça enfrentará a seleção de Quixabeira, no Estádio Valdemar Moreira, no município de Quixabeira, às 15:00h!
Os jogadores da seleção varzeana darão mais um show de bola no estádio. Contamos com a sua torcida!
Prefeitura Municipal de Várzea da Roça
Amor por nossa Gente

Créditos desta matéria – http://www.foguinhoeventos.com/