Ator Jorge Loredo, o Zé Bonitinho, morre ao 89 anos no Rio

Ator Jorge Loredo, o Zé Bonitinho, morre ao 89 anos no Rio

Ele estava internado desde o dia 3 de fevereiro na UTI.
Causa da morte foi falência múltipla dos órgãos.

Ele estava internado desde o dia 3 de fevereiro na UTI.
Causa da morte foi falência múltipla dos órgãos. Fonte G1

Comissão de Orçamento da ALBA debate aumento de vistoria com diretor do Detran-Ba

Comissão de Orçamento da ALBA debate aumento de vistoria com diretor do Detran-Ba

Os donos de veículos que pagavam R$ 35,10, a partir de segunda-feira,23, passaram a desembolsar R$ 80 para realizar a vistoria

comissão-do-orçamento-280x210

 

 

Na próxima terça-feira (31 de março), a Comissão de Orçamento, Finanças e Controle da Assembleia Legislativa da Bahia (Al-Ba), vai receber o diretor geral do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-Ba), Maurício Bacellar, para cobrar esclarecimentos sobre o aumento de 128% da taxa de vistoria de veículos do Estado.

A proposta é do presidente do colegiado, deputado Alex Lima (PTN), que tem por objetivo conhecer critérios do aumento.“O papel do legislador é fiscalizar, sobretudo à frente desta comissão. O que estamos buscando é exatamente isso: saber qual parâmetro foi utilizado para subir o valor do serviço obrigatório aos motoristas”, justificou.

Os donos de veículos que pagavam R$ 35,10, a partir de segunda-feira,23, passaram a desembolsar R$ 80 para realizar a vistoria. Importante lembrar que a partir deste ano, todos os veículos com cinco anos ou mais de uso deverão, obrigatoriamente, passar pela vistoria anual. De acordo com a Portaria nº 2045 do órgão, o serviço visa garantir condições de circulação e o documento de licenciamento anual do veículo, de porte obrigatório em todo país.

Fonte Calila noticias

Brasil: Políticos na lista da Operação Lava Jato

Lava Jato

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu nesta sexta-feira (6) autorizar a abertura de inquérito para investigar 49 pessoas – das quais 47 políticos – suspeitos de participação no esquema de corrupção da Petrobras revelado pela Operação Lava Jato.

Entre eles, há 22 deputados federais, 12 senadores, 12 ex-deputados e uma ex-governadora, pertencentes a cinco partidos, além de dois dos chamados  “operadores” do esquema – o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, e lobista Fernando Soares, o “Fernando Baiano”.

O PP é o partido com mais políticos entre os que responderão a inquéritos (32). Em seguida, vêm PMDB (sete), PT (seis), PSDB (um) e PTB (um).

Não há governadores de estado na lista. Eventuais casos de governadores deverão ter os pedidos de abertura de inquéritos entregues na próxima semana pela Procuradoria Geral da República ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), que tem atribuição de investigar governadores – nos casos das investigações de deputados e senadores, o foro é o STF.

Teori Zavascki retirou o segredo de justiça de todos os procedimentos de investigação. Segundo ele, não existe “interesse social” no sigilo das informações. “Pelo contrário: é importante, até mesmo em atenção aos valores republicanos, que a sociedade brasileira tome conhecimento dos fatos relatados”, argumentou.

O anúncio dos nomes foi feito a partir das 20h25, depois de um dia de intensa ansiedade nos meios políticos de Brasília. Uma assessora do Supremo leu os nomes dos parlamentares alvos dos inquéritos. São os seguintes:

Veja os nomes daqueles que serão investigados e dos pedidos arquivados

  • Investigados

 

  1. ANIBAL GOMES deputado federal PMDB – CE
  2. ROSEANA SARNEY ex-governadora PMDB – MA
  3. EDUARDO CUNHA presidente da Câmara PMDB – RJ
  4. RENAN CALHEIROS presidente do Senado PMDB – AL
  5. VALDIR RAUPP senador PMDB – RO
  6. ROMERO JUCÁ senador PMDB – RR
  7. EDISON LOBÃO senador e ex-ministro da Energia PMDB – MA
  8. ARTHUR LIRA deputado federal PP – AL
  9. ROBERTO BRITTO deputado federal PP – BA
  10. SANDES JÚNIOR deputado federal PP – GO
  11. ROBERTO BALESTRA deputado federal PP – GO
  12. WALDIR MARANHÃO deputado federal PP – MA
  13. LUIZ FERNANDO FARIA deputado federal PP – MG
  14. AGUINALDO RIBEIRO deputado federal PP – PB
  15. EDUARDO DA FONTE deputado federal PP – PE
  16. DILCEU SPERAFICO deputado federal PP – PR
  17. NELSON MEURER deputado federal PP – PR
  18. SIMÃO SESSIM deputado federal PP – RJ
  19. AFONSO HAMM deputado federal PP – RS
  20. LUIS CARLOS HEINZE deputado federal PP – RS
  21. RENATO MOLLING deputado federal PP – RS
  22. JOSÉ OTÁVIO GERMANO deputado federal PP – RS
  23. JERÔNIMO GOERGEN deputado federal PP – RS
  24. MISSIONÁRIO JOSÉ OLIMPIO deputado federal PP – SP
  25. LAZÁRO BOTELHO deputado federal PP – TO
  26. JOÃO LEÃO ex-deputado PP – BA
  27. LUIZ ARGÔLO ex-deputado PP – BA
  28. JOSÉ LINHARES ex-deputado PP – CE
  29. PEDRO HENRY ex-deputado PP – MT
  30. PEDRO CÔRREA ex-deputado PP – PE
  31. ROBERTO TEIXEIRA ex-deputado PP – PE
  32. CARLOS MAGNO ex-deputado PP – RO
  33. VILSON COVATTI ex-deputado PP – RS
  34. JOÃO PIZZOLATTI ex-deputado PP – SC
  35. ALINE CORRÊA ex-deputado PP – SP
  36. MÁRIO NEGROMONTE ex-ministro das Cidades PP – BA
  37. GLADISON CAMELI senador PP – AC
  38. BENEDITO DE LIRA senador PP – AL
  39. CIRO NOGUEIRA senador PP – PI
  40. ANTÔNIO ANASTASIA senador PSDB – MG
  41. VANDER LOUBET deputado federal PT – MS
  42. JOSÉ MENTOR deputado federal PT – SP
  43. CÂNDIDO VACCAREZZA ex-deputado PT – SP
  44. HUMBERTO COSTA senador PT – PE
  45. LINDBERGH FARIAS senador PT – RJ
  46. GLEISI HOFFMANN senadora PT – PR
  47. FERNANDO COLLOR senador PTB – AL
  48. JOÃO VACCARI operador PT –
  49. FERNANDO BAIANO operador SEM PARTIDO –

 

 

 

 

 

 

  • Arquivados
  1. ALEXANDRE JOSÉ DOS SANTOS deputado federal PMDB – RJ
  2. HENRIQUE EDUARDO ALVES deputado federal PMDB – RN
  3. AÉCIO NEVES senador PSDB – MG
  4. DELCÍDIO AMARAL senador PT – MS

 

Da redação do capimgrosso.com.br

Com informações do: G1

 

Câmara anula benefício de passagens para cônjuges de deputados.

Câmara-Federal

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), anunciou nesta terça-feira, 3, que a Mesa Diretora decidiu, por unanimidade, revogar o ato que concedia o pagamento de passagens aéreas a cônjuges de deputados. O benefício só será garantido em situações excepcionais, conforme o caso.

Cunha admitiu que a pressão da opinião pública levou ao recuo da medida aprovada na semana passada. Segundo ele, a Casa quer atuar em “sintonia” com a sociedade. “Temos de ter sempre a humildade de andar em consonância com as versões que chegam à opinião pública. Houve um entendimento equivocado, se cristalizou uma versão de um princípio de um benefício, de uma regalia, que não era o caso”, afirmou.

Com a revogação, volta a valer a proibição de pagamento de passagens para cônjuges em vigor desde 2009. Na ocasião, foi revelado que deputados e senadores usavam recursos do Congresso para pagar passagens para amigos e familiares viajarem no Brasil e no exterior, caso que ficou conhecido como “farra das passagens”.

Desde então, apenas parlamentares e assessores têm o benefício para viagens oficiais. O peemedebista não explicou quais seriam os critérios para o pagamento de passagens em casos excepcionais.

Ele citou a deficiência física da deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP), terceira secretária da Mesa Diretora, que precisa de cuidados especiais e da presença constante de acompanhantes. “Não dá para criar critérios para definir a excepcionalidade”, afirmou a tucana.

Fonte: Calila Noticias

Morre o cantor sertanejo José Rico, da dupla “Milionário & José Rico”.

José Rico em show com Milionário em dezembro de 2014 em Ribeirão Preto (Foto: Érico Andrade/G1)
José Rico em show com Milionário em dezembro de 2014 em Ribeirão Preto (Foto: Érico Andrade/G1)

Morreu nesta terça-feira (3), aos 68 anos, o cantor sertanejo José Rico, da dupla com Milionário. Ele estava internado desde segunda-feira (2) no hospital Unimed, de Americana (SP), cidade onde morava. Segundo o boletim médico, ele teve insuficiência do miocárdio, seguido de parada cardíaca.

“É com muita dor no coração e profunda tristeza que comunicamos o falecimento do nosso ídolo José Rico. Vamos rezar por este homem que tanta alegria nos deu. É impossível descrever nossa tristeza, estamos todos em estado de choque”, diz a nota oficial. A assessora da dupla disse ao G1 que toda a equipe e a família estão em choque.

“O maior de todos se foi… O mito, a melhor voz desse país! Meu coração está despedaçado… Muito muito triste. Obrigada por tudo, Zé Rico! Me sinto privilegiada de ter convivido um pouco com você!”, escreveu no Instagram a assessora de imprensa da dupla, Amália Barros.

O velório está marcado para esta terça-feira, a partir das 21h, na Câmara Municipal de Americana, de acordo com a funerária Americana.

Nascido em Pernambuco
José Alves dos Santos, de nome artístico José Rico, nasceu em São José do Belmonte (PE), em 20 de junho de 1946. Ele também já morou no Paraná e em São Paulo, onde conheceu o companheiro de dupla Milionário (Romeu Januário de Matos). O duo ficou conhecido como “gargantas de ouro”.

A dupla foi formada no início dos anos 70 e se tornou uma das mais importantes da música sertaneja brasileira. Entre as músicas mais conhecidas estão “Estrada da vida”, “Amor dividido” e “O tropeiro”, “A carta” e “Viver a vida”.

Em 2014, José Rico se candidatou a deputado federal em Goiás, pelo PMDB, mas não foi eleito.

Ele era casado com Berenice Martins Alves dos Santos, e tinha dois filhos gêmeos, Samy e Sara.

Da Redação do capimgrosso.com.br

Fonte: G1

Contas de luz sobem, em média, 23,4% no país a partir de segunda.

Energia

As contas de luz no Brasil vão aumentar, em média, 23,4% a partir da próxima segunda-feira (2), quando começa a vigorar a revisão extraordinária aprovada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta sexta-feira (27).

Para os consumidores do Sul, Sudeste e Centro-Oeste, a alta vai ser de 28,7%, na média, 4,5 vezes maior que a aplicada para aqueles que vivem em estados do Norte e Nordeste, que será de 5,5%, também na média.

Essa diferença ocorre porque os consumidores das três primeiras regiões terão mais custos para cobrir com essa revisão extraordinária. Um exemplo é a energia gerada pela hidrelétrica de Itaipu, que atende a todo o país e foi reajustada em quase 50% em 2015, mas que é repassada apenas às contas de luz de moradores do Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Ao todo, a Aneel autorizou o reajuste das tarifas de 58 das 63 distribuidoras de energia do país. Os cerca de 1,2 milhão de consumidores da AES Sul, que atende em 118 cidades do Rio Grande do Sul, terão o maior reajuste, de 39,5%.

Entre as maiores distribuidoras, os mais altos serão da Copel (36,4%), que atende a clientes no Paraná, da Eletropaulo (31,9%), que atua em São Paulo, e da Cemig (28,8%), que atende a consumidores de Minas Gerais. Veja, abaixo, lista das distribuidoras e respectivo reajuste.

Clientes de quatro distribuidoras não serão atingidos pelo reajuste extra das contas de luz. Os da CEA, do Amapá, porque a empresa não pediu à Aneel a revisão extraordinária. Já os da Amazonas Energia (AM), Boa Vista e CERR (RR), estão livres porque vivem em regiões que não são atendidas pelo Sistema Interligado Nacional (SIN), rede de linhas de transmissão que liga o país, e por isso não participam do rateio de contas do setor.

Aumento extra
As revisões extraordinárias aprovado nesta sexta são um aumento extra nas contas de luz, aplicado quando há risco de desequilíbrio nas contas das distribuidoras. Portanto, os consumidores podem esperar por nova alta em suas tarifas ao longo de 2015, pois a Aneel ainda vai autorizar o reajuste ordinário, aquele que já ocorre uma vez por ano.

Das 63 distribuidoras, 6 já passaram, em fevereiro, pelo reajuste ordinário. A Ampla, que atende cidades do interior do Rio de Janeiro, vai ter os reajustes ordinário e extraordinário aprovados juntos ainda no mês de março, por isso não consta da lista divulgada pela Aneel nesta sexta.

A revisão aprovada nesta sexta vai permitir que as distribuidoras arrecadem, de imediato, recursos para cobrir custos com a compra de energia de Itaipu, novos contratos de suprimento de eletricidade firmados em leilões recentes, além de ações do governo financiadas pela Conta de Desenvolvimento Energético (CDE).

Pela regra, as distribuidoras deveriam bancar essas contas para, depois, serem ressarcidas no reajuste anual, mas elas alegam não ter recursos. Ou seja, essas despesas bilionárias já seriam repassadas aos consumidores mas, com a revisão extraordinária, isso ocorre antes.

Mais cedo nesta sexta, a Aneel aprovou a previsão de orçamento da CDE para 2015. E determinou que os consumidores paguem, via contas de luz, R$ 22,06 bilhões para o fundo.
O dinheiro vai financiar, entre outras ações, o programa Luz para Todos, o subsídio à tarifa de famílias de baixa renda, combustível para usinas termelétricas do Norte do país e o pagamento de indenizações a empresas.

Consumidores do Sul, Sudeste e Centro-Oeste vão pagar 80% desse valor. Aos consumidores do Norte e Nordeste, será repassado 20% do total. A arrecadação dos R$ 22,06 bilhões será feita ao longo de 2015.

Equilíbrio
O diretor-geral da Aneel, Romeu Rufino, afirmou que o reajuste extra vem corrigir “eventos que perturbam o equilíbrio econômico e financeiro das distribuidoras”, entre os quais o repasse da CDE “é o principal item.”

“Com essas decisões que estão sendo tomadas, completamos o ciclo para alcançar a sustentabilidade do setor elétrico por meio da tarifa”, disse Rufino.

A medida faz parte dos esforços do governo para equilibrar as contas públicas e reverter o processo de perda de credibilidade. No caso do setor elétrico, isso significa suspender ajuda financeira às distribuidoras, por meio de recursos do Tesouro, e promover o chamado “realismo tarifário”, ou seja, repassar às tarifas todos os custos do setor.

Fonte: G1

Desembargador do PI derruba decisão que mandava tirar WhatsApp do ar

whatsapp-g1
Desembargador disse que tema deve ser estudado com mais calma (Foto: Divulgação/WhatsApp)

 

Uma decisão do desembargador Raimundo Nonato da Costa Alencar, do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), derrubou o mandado judicial que mandava tirar do ar o aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp. Consta no sistema eletrônico do TJ que a liminar foi deferida nesta quinta-feira (26), mas o site omite os motivos da decisão por se tratar de um processo que corre em segredo de Justiça. Em entrevista para a TV Clube, afiliada Globo do Piauí, o desembargador Alencar disse que as empresas telefônicas e seus usuários não devem ser penalizados por uma decisão judicial.

“Me baseei no direito que a empresa tem de não ver cerceada a prestação de serviço para o povo brasileiro. A empresa não tem nenhuma relação com o WhatsApp, não armazena os arquivos do aplicativo e não tem nenhuma relação com a decisão judicial (que pedia ao WhatsApp que cooperasse com a Polícia Civil do Piauí)”, afirmou.

O juiz Luiz de Moura Correia, da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina, proferiu mandado judicial no dia 11 de fevereiro para que o aplicativo fosse tirado do ar. O magistrado deu decisão após a empresa não colaborar com investigações da Polícia Civil do Piauí. “A postura da empresa se mantém inerte às solicitações da Justiça Brasileira, desrespeitando decisões judiciais a bel-prazer, tornando-se ‘terra de ninguém’, atentando contra a soberania nacional”, disse o juiz por meio de nota à imprensa.

Na decisão contrário à de Luiz Moura, o desembargador  Raimundo Nonato disse ainda que é preciso ter mais calma com o assunto. “Entendi que a decisão (de pedir a suspensão do WhatsApp), pelo alcance que atinge, exigia uma medida que revelasse a sua eficácia imediata. Entendi que era preciso estudar com calma e mais comedidamente o tema. Entretanto, é claro que a empresa deve fornecer as informações que a justiça solicitou”, disse Raimundo Nonato da Costa Alencar.

G1 falou com o escritório de advocacia responsável pelo pedido de liminar no TJ, que confirmou representar algumas empresas de telefonia, mas que não poderia dar mais detalhes sobre o caso por se tratar de um processo que segue em segredo de Justiça. O Sindicato das Empresas de Telefonia ainda não se pronunciou sobre a nova decisão.

Entenda o caso
O Núcleo de Inteligência da Polícia Civil informou na quarta-feira (25) que um mandado judicial expedido em 11 de fevereiro pedia a suspensão temporária das atividades do WhatsApp. O pedido ocorreu após a empresa se negar a dar informações para uma investigação policial.

De acordo com o delegado geral do Piauí, Riedel Batista, as investigações a que se referem o juiz acontecem por meio da Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA), que precisou de informações contidas no WhatsApp e o aplicativo se negou a fornecer.

A Secretaria de Segurança do Piauí disse que os processos judiciais que originaram as decisões tiveram início em 2013, mas até o momento os responsáveis pelo WhatsApp não acataram as ordens. Nesta quinta-feira (26), o desembargador Raimundo Nonato da Costa Alencar derrubou a decisão de tirar o WhatsApp do ar, mas manteve a obrigatoriedade de a empresa prestar as informações solicitadas pela Polícia Civil.

Fonte: G1

A frase representa de uma forma engraçada, o manifesto de seus eleitores a favor da presidenta que sofre contantes ameaças da mídia e da oposição sobre o impeachmant.

Nordestinos invadem link ao vivo da Globo com a mensagem “impitimam é meuzovo”

A frase representa de uma forma engraçada, o manifesto de seus eleitores a favor da presidenta que sofre contantes ameaças da mídia e da oposição sobre o impeachmant.
A frase representa de uma forma engraçada, o manifesto de seus eleitores a favor da presidenta que sofre contantes ameaças da mídia e da oposição sobre o impeachmant.

Nordestinos invadiram a gravação ao vivo em uma reportagem do programa do carnaval da Rede Globo “Globeleza” em Fortaleza no Ceára.

TV verdes mares, a afiliada da TV é quem estava no comando da reportagem no momento. A transmissão era ao vivo no telejornal da manhã ao 12h que se intitula como “jornal do meio dia”
A frase exibida é uma paródia alá nordeste com a frase “Impeachmant é meus ovos”.

Imagem e o video fez o maior sucesso nas redes sociais e já viraliza pelo Facebook com a campanha “impitimam é meuzovo”.

Vale lembrar que Dilma recebeu mais de 54 milhões de votos sendo sua maioria nas terras nordestinas.

Veja o vídeo:

Fonte: Agmar Rios

Conselheiros tutelares de RO aderem à paralisação e relatam ameaças.

Conselho tutelar

Conselheiros tutelares de Rondônia aderiram, nesta quinta-feira (12), à paralisação nacional da categoria em protesto à morte de três conselheiros tutelares no último dia 6 de janeiro, em Pernambuco. Em manifestação realizada em frente à sede do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-RO) em Porto Velho, os profissionais relataram ameaças sofridas diariamente durante o exercício das funções e reivindicaram providências ao poder público para a elaboração de uma política de proteção à vida.

O grupo pede em carta aberta providências para que os conselheiros cumpram apenas as obrigações determinadas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). “Não somos oficiais de justiça. O Conselho Tutelar não executa ação, apenas garante direitos”, ressalta Francisca Oliveira da Silva, lotada no 1º Conselho Tutelar de Porto Velho, dizendo que a classe ainda enfrenta problemas como a falta de acompanhamento psicológico e de  policiamento dentro do conselho, além de baixos salários.

Para Francisca, o caso dos profissionais assassinados em Pernambuco deixa claro o desvio de função que acontece também em Rondônia e outros estados. Segundo ela, os conselheiros mortos em serviço foram cumprir mandado de busca e apreensão, serviço que seria de oficial de Justiça. “Mas como o juiz determinou, eles foram lá e perderam a vida”, lamenta.

Ameaças constantes
No protesto, os conselheiros relataram episódios de ameaças sofridas durante o trabalho, segundo eles, muitas vezes por falta de estrutura e de segurança. É o caso de Elaídia dos Santos, que atua em Jacy-Paraná e já chegou a ser ameaçada com foice. Ao verificar uma denúncia recebida pelo conselho, um rapaz de aparentemente de 21 anos foi perguntar o que a conselheira queria, com a arma em punho. “As pessoas não entendem que estamos apenas cumprindo a decisão de juiz, pensam que vamos prendê-los”, explica.

Já os conselheiros Sebastiana de Menezes e Joel Garcia foram ameaçados por adolescentes acolhidos. “Uma adolescente de 13 anos disse que pode passar 100 anos no abrigo, mas quando sair de lá me matará e também minha família”, relata Sebastiana. Joel ouviu de um jovem detido durante uma operação nos bares da capital que seria morto por ele.

Procurado pelo G1, o TJ-RO adiantou que as reivindicações dos conselhos tutelares serão encaminhadas à Corregedoria-Geral para que o órgão possa estudar a melhor forma de levar o pedido aos juízes que atuam nos Juizados da Infância e da Juventude em Rondônia.

Já o secretário da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), Daniel Vieira, alega que, até o momento, nenhuma ocorrência policial de ameaça a conselheiro foi recebida pela pasta, mas garante que vai analisar a carta aberta do movimento.

Fonte: G1

Brasil: Tiririca diz que circo é mais organizado do que a Câmara dos Deputados.

Tiririca

Em seu segundo mandato como deputado federal, o palhaço Tiririca (PR-SP), avalia que o circo é mais organizado que a Câmara dos Deputados. “Nos três primeiros meses foi difícil, você vem de outra escola, chega aqui e assusta. Você vem de um negócio hiper organizado.

O circo é coisa organizadinha, tem hora para entrar e para sair. Aí chega aqui, o cara está discursando e neguinho não está nem aí. Até você entender que é assim”, comentou Tiririca durante a posse, neste domingo (1º).

De acordo com o Estado de S. Paulo, o deputado espera ver desta vez seus projetos aprovados e disse que “ficou meio maluco” quando chegou no Congresso.

Fonte: Calila Noticias.