Entregadores sofrem com violência, preconceito e baixos salários

Entregadores sofrem com violência, preconceito e baixos salários

O número de entregadores de moto no Brasil cresceu mais de 1.000% nos últimos cinco anos. Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, há mais de 1,5 milhão de trabalhadores atuando em todo o país. Somente na Região Metropolitana de São Paulo, são 300 mil que normalmente trabalham na informalidade e cumprem uma jornada de mais de 12 horas por dia para sustentar a família. Além disso, muitos deles sofrem com a violência, preconceito e salários baixos.

Créditos desta matéria – noticias.r7.com/

A Cantora Luziane Rios realiza show no Arraiá do Ouro Verde no Distrito de Angico de Mairi

 

Na noite da ultima quarta-feira, 29 de junho de 2022, aconteceu o Arraiá do Ouro Verde , no distrito de Angico, município de Mairi-BA.

A festa começou com apresentação de Thuco do Piseiro. Depois aconteceram shows de Luziane Rios, Andrick e Valmir, Breninho Sofrência e Alex, animando o público.

muita gente estiveram prestigiando o evento e as apresentações musicais na qual antecede o tradicional São Pedro do Distrito que será realizado nos dia 01 e 02 de julho.

veja mais fotos

Créditos desta matéria – http://www.foguinhoeventos.com/

Arraiá do Monte Alegre: agradecimentos Jobope e Gustavo

 E isso aí, minha gente, o Arraiá do Monte Alegre chegou ao fim!

Nesses 4 dias de festa oficial, dançamos, brincamos, matamos a saudade dos nossos familiares e amigos.
A galera cantou, dançou, arrastou o pé, brincou com responsabilidade e fez bonito.
Por tudo isso só nos resta agradecer àqueles que de alguma forma contribuíram para o sucesso dos nossos festejos juninos.
Nos despedimos do São João 2022 e já sonhamos com o próximo.
Obrigado por tudo e nos encontraremos no São Pedro de Angico! Abraços!

Créditos desta matéria – http://www.foguinhoeventos.com/

‘Anjos da Madrugada’ ampliam distribuição de comida e roupas após aumento da população de rua

Escalada da população de rua motivou aumento do programa social Anjos da Madrugada

Escalada da população de rua motivou aumento do programa social Anjos da Madrugada Divulgação/Universal

O inverno teve início na última terça-feira (21), e, com a nova estação, cresce possibilidade da chegada de novas ondas de frio intenso. Assim, o programa social Anjos da Madrugada, da Universal, intensificará o trabalho realizado semanalmente junto a pessoas em situação de rua. Nas ações desta terça-feira (28), serão distribuídos cobertores, agasalhos, luvas, meias e toucas em 2.320 municípios brasileiros.

O número de pessoas em situação de rua cresceu cerca de 16% entre dezembro de 2021 e maio deste ano, segundo dados do Observatório Brasileiro de Políticas Públicas com a População em Situação de Rua (POLOS-UFMG). De acordo com cadastros do CadÚnico, 158 mil pessoas estavam vivendo nas ruas em dezembro do ano passado. Já em maio deste ano, o número aumentou para 184 mil.

Serão cerca de 28 mil voluntários do Anjos da Madrugada envolvidos na organização dos eventos desta noite. Todas as terças-feiras, eles saem pelas ruas para levar amparo social aos mais desfavorecidos.

Além dos cobertores e peças de roupas, também haverá a distribuição de refeições e kits de higiene. A estimativa é ajudar aproximadamente 80 mil pessoas em todo Brasil. Para o advogado e voluntário Thomas Marçal Koppe, o programa social tem se mostrado “um trabalho diferenciado e extremamente importante para auxiliar a população em situação de rua. Muitas destas pessoas sofrem com graves problemas, tais como a fome, doenças, vícios e depressão”.

“Além de proporcionar uma assistência física com alimentos, roupas e cobertores, o grupo ainda proporciona apoio emocional para que estas pessoas possam enfrentar e vencer a grave situação que estão vivendo”, ressalta Thomas.

 

 

Amparo social em São Paulo

Cerca de 80 mil pessoas receberão roupas e alimentos de programa social da Universal

Cerca de 80 mil pessoas receberão roupas e alimentos de programa social da Universal Divulgação/Universal

 

 

 

Nesta terça-feira (28), os voluntários do Anjos da Madrugada realizarão uma ação na Praça Lauro Michels, em Diadema (SP). Serão entregues cobertores, luvas, meias e marmitas. Também será oferecido corte de cabelo, aferição de pressão e atendimento jurídico.

De janeiro a maio de 2022, mais de 5 mil pessoas foram viver nas ruas da capital paulista, segundo o levantamento feito pelo POLOS-UFMG.

Créditos desta matéria – noticias.r7.com/

4º e ultimo dia de festa em Mairi é realizado com Show de Tayrone e varias outras atrações em Mairi

No ultimo  domingo, 26 de junho de 2022, aconteceu o quarto e último dia do Arraiá do Monte Alegre, em Mairi-BA.
A primeira atração no placo principal foi a cantora Luziane Rios, com participação do cantor Almir Júnior.
Depois das 22h aconteceu o show mais esperado da noite com Tayrone, com músicas novas e antigas, animando e apaixonando o público presente, com muito arrocha e sofrência.
A quarta atração foi a banda Forró das Antigas. Para fechar com chave de ouro, aconteceu o show de Brankinho Pancadão.
Nos intervalos teve trio Ipueira no palco 2, para não deixar ninguém parado. O evento foi realizado na Avenida Senhor do Bonfim. 
Redação Agmar Rios / Fotos e Vídeos Foguinho Eventos 

Créditos desta matéria – http://www.foguinhoeventos.com/

Larissa Marques, Kelvin Diniz, Zezinho da Ema e Felipe Araújo animam penúltimo dia do São João de Mairi 2022

Na tarde deste domingo, 25 de junho de 2022, o bloco As Machonas realizou uma arrastão em Mairi-BA, com muita irreverência, alegria e animação. 

Os participantes se concentraram na praça do bairro da Lapinha, depois saíram desfilando pelas ruas da cidade atrás do LP Pareddão e seguiram para a Praça J. J. Seabra. 

No início da noite, o bloco foi animado pela cantora Larissa Marques, no trio XLove, com muita animação. Este ano, o bloco comemorou 13 anos de existência. 

Depois aconteceram os shows no palco principal do Arraiá do Monte Alegre, na Avenida Senhor do Bonfim, com muito forró, arrastapé, sertanejo e outros ritmos.

A primeira atração foi Kelvin Diniz, no palco principal. Depois foi a vez do forrozeiro Zezinho da Ema e banda A Favorita. Por último aconteceu o show mais esperado da noite com o cantor Felipe Araújo. 

Neste domingo (26), último dia de festa, acontecerão shows com Luziane Rios, Tayrone, Forró das Antigas e Brankinho animando o público presente.

Créditos desta matéria – http://www.foguinhoeventos.com/

Presidenciáveis adiam escolha de vice e priorizam fortalecer o próprio nome

Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet: pré-candidatos à Presidência em 2022

Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet: pré-candidatos à Presidência em 2022 Montagem

A corrida eleitoral à Presidência da República já tem os principais nomes definidos, mas quase todos os pré-candidatos anunciados até agora ainda não escolheram quem vão ter de vice nas chapas. Como o registro oficial deve ser feito ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) somente em 15 de agosto, os presidenciáveis querem aproveitar esse tempo para consolidar os próprios nomes. A escolha do vice, na avaliação da maioria, é preocupação para um momento posterior.

A única exceção até o momento é o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que lançou chapa com o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin. Ambos apresentaram o plano de governo e têm feito viagens ao longo do país.

O presidente Jair Bolsonaro (PL), que chegou a sinalizar o ex-ministro da Defesa Walter Braga Netto como vice, recuou no anúncio. A equipe que coordena a pré-campanha dele entende que o chefe do Executivo precisa conquistar mais votos do eleitorado feminino e, por isso, os nomes de duas ex-ministras do governo surgiram como alternativas. Tereza Cristina tem a preferência no momento, mas Damares Alves também é cogitada pelo presidente.

Os demais pré-candidatos, que aparecem longe de Lula e Bolsonaro nas pesquisas eleitorais, ainda não tratam a escolha do vice com prioridade. Justamente por terem intenções de voto baixas, os presidenciáveis acreditam que precisam aumentar a popularidade antes de qualquer outra decisão.

Presidente do PDT, que tem Ciro Gomes como pré-candidato, Carlos Lupi diz que o partido ainda busca alianças com outras siglas. Segundo ele, a legenda conversa com União Brasil e PSD para tentar encorpar a chapa de Ciro. “O diálogo está aberto. O importante é encontrar um vice que não atrapalhe”, opina.

Para Lupi, Ciro tem conseguido um bom desempenho, visto que tem aparecido sempre na terceira colocação nas pesquisas eleitorais. “Nós estamos conseguindo resistir. Estamos há um ano no processo de discussão de processo eleitoral. Já vimos passar João Doria, Eduardo Leite e Sergio Moro, e nós estamos aqui. Estamos resistindo. O desafio é crescer para ir para o segundo turno”, avalia.

Bivar não abre mão de concorrer

Apesar do interesse do PDT em se aliar ao União Brasil, o partido ainda quer concorrer ao pleito com Luciano Bivar, deputado federal e presidente nacional da agremiação. O político cogita duas mulheres do próprio partido como vice: a senadora Soraya Thronicke e a mulher de Moro, Rosângela Moro.

“Essa é uma decisão que precisamos resolver mais para a frente, mas são duas mulheres qualificadíssimas e que contam com o respaldo da executiva nacional do partido”, afirma Bivar.

De acordo com ele, o nome de Rosângela passou a ser cogitado em razão da popularidade que ela trouxe ao partido desde a filiação, em março. No entanto, Bivar diz que outros membros do União Brasil não estão descartados, nem mesmo Moro. Além disso, ele não descarta alianças.

“O partido tem quadros e pessoas muito interessantes. Ainda estamos abertos para fazer coligação com outros partidos. O fato é que o União Brasil tem luz própria e quadros próprios, mas qualquer partido que seja democrático e que se identifique com o nosso plano económico é bem-vindo”, afirma.

De todo modo, ele reconhece a importância de fortalecer o próprio nome. “Estamos com uma campanha crescente, que começou a militar nos estados por agora. Vamos passar a mostrar o nosso nome ao eleitorado. Estamos confiantes, pois mais de 50% ainda não escolheram o seu candidato. O importante é chegar nessas pessoas.”

Coligação de Tebet busca mais eleitores

Pré-candidata de uma coligação composta por MDB, PSDB e Cidadania, a senadora Simone Tebet (MDB) também trata a escolha do vice em segundo plano. Presidente do Cidadania, Roberto Freire frisa que é mais importante confirmar a candidatura da parlamentar antes de pensar em quem vai completar a chapa.

“Quando chegar no momento apropriado, nós vamos discutir sobre o vice. Pelo que temos sentido, o trabalho de Tebet tem sido muito bom. Ela tem grandes perspectivas de crescer naqueles eleitores que querem superar esse clima de polarização. E é disso que precisamos cuidar agora, visto que a sociedade já percebeu que quer um caminho diferente para o país”, pontua.

Créditos desta matéria – noticias.r7.com/

Metaverso é usado em campanhas políticas pela primeira vez no Brasil

Pessoas participando de um concerto pelo metaverso com óculos de realidade virtual

Pessoas participando de um concerto pelo metaverso com óculos de realidade virtual Yonhap/EFE/EPA – 05.01.2022

O uso de redes sociais tornou-se parte importante das campanhas eleitorais. Uma nova forma de usar as ferramentas virtuais é o metaverso, ambiente que amplia as possibilidades das campanhas, aproxima eleitores e candidatos e já tem sido usado por pré-candidatos a diferentes cargos no pleito deste ano.

Definido pelo Facebook como “o próximo passo na jornada de conexões sociais”, ele pode ser explicado como um ambiente que mescla realidade aumentada e ambiente virtual. O professor da UnB e especialista em tecnologia Vandor Roberto Vilardi Rissoli explica que o metaverso pode ser considerado uma “realidade paralela”.

“É um conjunto de softwares em que você não tem uma empresa proprietária, um ambiente virtual bastante usado em tecnologia, onde as pessoas vão se cadastrar, criar o perfil, o avatar e começar a interagir, a participar, a pertencer a esse ambiente paralelo”, diz.

Uma das formas de uso do metaverso vem da educação. Alunos de medicina com óculos de realidade virtual, por exemplo, poderiam visualizar uma sala de aula, com o avatar de todos os estudantes e do professor e a representação de um coração real, em três dimensões. “A perspectiva não é só do campo político. Esse ambiente cada vez mais vai estar simulando e representando a realidade que a gente tem no nosso cotidiano”, diz Vandor.

O uso das ferramentas virtuais, de modo geral, pode atrair uma relevante participação de jovens eleitores. Campanhas que incentivaram o público entre 16 e 18 anos a tirar o título de eleitor proporcionaram um recorde nessa faixa etária. Entre janeiro e abril de 2022, o país ganhou 2.042.817 novos eleitores dessas idades, um aumento de 47,2% em relação ao mesmo período de 2018 e de 57,4% em relação ao mesmo período de 2014.

Embora o metaverso deva chamar atenção, ele não tem, na avaliação de especialistas, potencial para ser um fator de grande impacto para o pleito. Segundo a pesquisa sobre o uso das Tecnologias de Informação e Comunicação nos Domicílios brasileiros (TIC Domicílios) 2021, divulgada neste mês, o Brasil ainda é um país com 35,5 milhões de pessoas sem acesso à internet. A porcentagem de domicílios com acesso à rede caiu entre 2020 e 2021 entre a população das classes B, C e D/E.

Fiscalização

Como em todo o processo eleitoral, há uma série de regras que devem ser cumpridas em ações de candidatos, independentemente de o ambiente ser físico ou virtual. O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) esclareceu ao R7 que possíveis infrações cometidas no metaverso podem ser avaliadas, desde que os casos sejam levados ao TSE por meio de representação proposta pelas partes legitimadas, como Ministério Público, candidatos, partidos políticos, coligações e federações.

“Cabe acrescentar que cidadãs e cidadãos podem atuar como fiscais de infrações praticadas durante a campanha eleitoral. É possível denunciar condutas irregulares por meio do aplicativo Pardal, disponível na Google Play e na Apple Store. As denúncias são encaminhadas ao Ministério Público Eleitoral (MPE) para apuração e poderão embasar representações movidas pelo órgão contra os infratores”, informa o TSE.

Há também o Sistema de Alerta de Desinformação, plataforma em que eleitores podem denunciar quaisquer práticas relacionadas à desinformação, como o recebimento de notícias falsas, descontextualizadas ou manipuladas sobre o processo eleitoral brasileiro.

Créditos desta matéria – noticias.r7.com/