Canadense que se mudou para Londres com o noivo está entre as vítimas de ataque

Canadense que se mudou para Londres com o noivo está entre as vítimas de ataque

Chrissy Archibald trabalhava em um abrigo para pessoas sem-teto no Canadá.

Canadense Chrissy Archibald é uma das vítimas de ataque terrorista de Londres (Foto: Reprodução/ Twitter/ Simon Little)

A canadense Chrissy Archibald, que se mudou para Londres para morar com o noivo, é uma das vítimas do ataque terrorista em Londres, que deixou 10 mortos, entre sete vítimas e três terroristas. O Reino Unido ainda não identificiou as vítimas do ataque, reivindicado pelo grupo Estado Islâmico, mas a família de Chrissy divulgou um comunicado, divulgado, junto com sua foto, pela rádio CKNW.

Na nota, a família de Chrissy conta que antes de se mudar para o Reino Unido ela trabalhava em um abrigo para pessoas sem-teto. Sua família é de Castlegar, no estado de British Columbia. “Nos entristecemos com a perda da nossa linda e amanada filha e irmã. Ela tinha espaço para todos em seu coração e acreditava fortemente que todas as pessoas deveriam ser respeitadas e valorizadas”, diz o comunicado.

“Ela não entenderia a insensível crueldade que causou a sua morte. Por favor, honrem-na fazendo a sua comunidade um lugar melhor. Ofereça seu tempo e trabalho ou doe para um abrigo para pessoas sem-teto. Digam a eles que Chrissy enviou vocês”, diz a nota.

 

O governo da França também divulgou que um cidadão do país está entre os mortos.

Além das 7 vítimas, dezenas de pessoas ficaram feridas no ataque. Pelo menos 48 foram levadas de ambulância a cinco hospitais da cidade, das quais 36 seguem internadas, 21 delas “em estado crítico”, segundo as últimas informações dos serviços de emergência. Outras pessoas foram atendidas no local. A polícia ainda não detalhou quantas pessoas ficaram feridas no atropelamento em massa e quantas receberam ferimentos nos ataques à faca que ocorreram pouco depois.

As informações são do G1