Tanque do avião não tinha combustível; piloto pediu ajuda antes de morrer

Tanque do avião não tinha combustível; piloto pediu ajuda antes de morrer

No áudio, ele informa que está sem combustível e só depois informa que houve uma pane elétrica

https://youtu.be/lYHpFjnyR5w

A aeronave com a delegação da Chapecoense estava sem nenhum combustível ao cair. Foi o que apontaram as investigações preliminares divulgados na noite desta última  quarta-feira (30) em Medellín, na Colômbia.

“Podemos afirmar claramente que a aeronave não tinha combustível no momento do impacto”, disse Freddy Bonilla, secretário de Segurança Aérea da Colômbia. Uma conversa entre o comandante do avião da Lamia com a torre do aeroporto de Medellín reforça a suspeita.

Rádios e jornais colombianos divulgaram as gravações da conversa da torre de controle do aeroporto de Medellín e o piloto Miguel Quiroga, comandante do voo. No áudio, ele informa que está sem combustível e só depois informa que houve uma pane elétrica.

Outro item que dá pistas para o que pode ter acontecido é o plano de voo. Segundo especialistas, o piloto poderia ter feito uma escala para reabastecer. . Isso porque a autonomia da aeronave, cerca de 3.000 km, era quase a mesma da distância entre as duas cidades. Em vez disso, o piloto preferiu seguir uma rota passando perto de Bogotá

Diante das evidências, segundo ele, os investigadores trabalham com a hipótese de “pane seca”, quando a falta de combustível faz parar os sistemas elétricos da aeronave.

Fonte/ Varela Noticias