‘Atravessamos enorme crise hidrológica’, reconhece Bolsonaro

"Estamos atravessando enorme crise hidrológica", afirma presidente Bolsonaro

“Estamos atravessando enorme crise hidrológica”, afirma presidente Bolsonaro Paulo Whitaker/Reuters – 14.01.2013

Em meio à escalada da inflação, o presidente Jair Bolsonaro reconheceu neste sábado (31) que o Brasil enfrenta uma “enorme crise hidrológica”. Durante evento com motociclistas na cidade de Presidente Prudente, no interior de São Paulo, ele também citou os efeitos do frio sobre a produção de alimentos, o que traz impactos para os preços ao consumidor final.

Bolsonaro elencou três problemas que, segundo ele, estão atingindo a economia brasileira atualmente. O primeiro deles é a pandemia, que, na visão de Bolsonaro, “se Deus quiser, logo ela irá embora”. Esta declaração destoa da avaliação feita pelo próprio presidente em outubro do ano passado, quando ele havia afirmado que a pandemia “está acabando”. Desde então, nove meses se passaram.

Aos apoiadores, Bolsonaro afirmou ainda que a pandemia trouxe “muitos problemas” ao país, “além daqueles que nos deixaram”. A alusão foi feita à suposta herança negativa deixada por governos anteriores.

O presidente citou ainda, como segundo problema da economia, a crise hidrológica. “Estamos atravessando enorme crise hidrológica, com falta de chuvas”, disse Bolsonaro. “O terceiro problema é a geada, que queimou parte considerável da nossa lavoura”, acrescentou.

O avanço nos preços dos alimentos no Brasil, intensificado a partir do segundo semestre de 2020, contribuiu para que o IPCA – o índice oficial de inflação – acumulasse alta de 8,35% nos 12 meses até junho deste ano. No mercado financeiro, as projeções são de que a inflação encerrará 2021 em 6,56%, bem acima da meta de 3,75% perseguida pelo Banco Central.

Com o frio em várias partes do País, a perda da safra é um fator de pressão adicional sobre os alimentos. Já a estiagem tem elevado o consumo de energia termoelétrica, o que também eleva o custo ao consumidor final. Apesar de abordar estas questões no discurso deste sábado, Bolsonaro apenas prometeu enfrentar os problemas e “fazer de tudo” para superá-los.

Bolsonaro participou neste sábado de passeio de motocicletas em Presidente Prudente, no interior de São Paulo. Nesta tarde, ele visita um hospital na cidade e se reúne com prefeitos da região.

Créditos desta matéria – noticias.r7.com/

Veículo Saveiro Cross é tomado de assalto no município de Baixa Grande

Na manhã desta sexta-feira, 30 de julho de 2021, um veículo Saveiro CD Cross MA, de cor cinza, cabine dupla, foi tomado de assalto no município de Baixa Grande-BA.

O veículo é ano 2017/2018, placa PBJ-8977, licença de Brasília-DF. O assalto aconteceu em uma fazenda, nas proximidades da entrada que da acesso ao povoado do Italegre.

Os assaltantes seguiram pela BA-130, sentido Capim Grosso. Se alguém encontrar o veículo abandonado e entrar em contato, será recompensado. 

Contato: (74) 9 9812-6507.

Fonte Agmar Rios

Créditos desta matéria – http://www.foguinhoeventos.com/

‘Não pode haver aumento de carga tributária’, diz Bolsonaro 

Bolsonaro diz que Guedes exagerou em reforma

Bolsonaro diz que Guedes exagerou em reforma Facebook / Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro foi contra na manhã desta sexta-feira (30) a tese do ministro da Economia, Paulo Guedes, de que os mais ricos devem pagar mais tributos no Brasil. “A ordem que eu dei foi que não pode haver aumento de carga tributária. E vai acontecer isso aí. Nós teremos uma proposta que atenda ao interesse da classe produtora, daquele pessoal que paga imposto. Não queremos mais sacrifício”, disse o chefe do Executivo em entrevista à Rádio 89, de São Paulo.

Bolsonaro afirmou que a proposta do Ministério da Economia exagerou ao pensar nas fontes de dinheiro para financiar o governo federal.

“Na proposta apresentada pela Economia houve um certo exagero por parte da receita, mas esses números agora estão sendo ajustados via relatoria na Câmara dos Deputados. E grande parte dos empresários já se mostrou satsfeito.”

O relator da reforma na Câmara é deputado Celso Sabino (PSDB-PA),

O presidente disse ainda que a intenção do governo é encerrar o auxílio emergencial definitivamente assim que a vacinação contra a covid-19 for concluída no país. E voltou a comentar que deve vetar parte do fundo eleitoral aprovado na Câmara, de R$ 5,7 bilhões já no pleito de 2022.

Créditos desta matéria – noticias.r7.com/

Governo do Estado publicou no Diário Oficial a data da licitação pata construção do novo colégio Edna

Governo do Estado publicou no Diário Oficial a data da licitação pata construção do novo colégio Edna

A Rádio Contorno FM está acompanhando o desenrolar da Construção da Escola Estadual Edna Moreira Pinto Daltro, prometida pelo Governador Rui Costa e indicado o terreno do antigo clube AACC para a obra.

Segundo informações nas redes sociais da Prefeitura de Capim Grosso o  equipamento vai funcionar em tempo integral e vai beneficiar mais de mil alunos, um investimento de mais de 26 milhões de reais, contendo três pavimentos no bloco principal, 34 salas de aulas, 04 laboratórios, biblioteca, refeitório, cozinha industrial ambientes administrativos, auditório, quadra poliesportiva com arquibancada, piscina semiolímpica com vestiário, campo de futebol society com pista de corrida, além dos anexos da guarita, casa de gás, casa de resíduos sólidos, subestação e reservatórios. A licitação vai acontecer no dia 19 de agosto. Essa satisfação da gestão municipal está sendo compartilhada com a alegria de estudantes e profissionais de educação da escola, que aguardavam ansiosos por esse momento.

Foto ilustrativa.

Compartilhe! Aqui a informação tem credibilidade!

Créditos desta matéria -https://www.contornofm.net/

Bolsonaro rebate críticas por ter recebido alemã de extrema direita

Na imagem, Beatrix von Storch e Jair Bolsonaro

Na imagem, Beatrix von Storch e Jair Bolsonaro
Reprodução Instagram

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) falou a apoiadores nesta quinta-feira (29) sobre o encontro que teve com Beatrix von Storch, deputada alemã da extrema-direita e neta de um ex-ministro das Finanças da Alemanha nazista. O titular do Executivo defendeu a reunião e a comparou com o episódio em que se reuniu com Luis Miranda (DEM-DF).

“Semana passada tinha um deputado chileno e uma deputada alemã visitando a Presidência. Poxa, tratei, conversei, bati um papo. Vai que a deputada alemã é neta de um ex-ministro do Hitler. Pô, me arrebentaram na imprensa. Acho que a gente não pode ligar um pai a um filho, muitas vezes, um fez uma coisa errada e ligar a outra”, afirmou.

“Os regimes comunistas né, quando encontravam com um homem, acusado de um crime, prendia a esposa, filhos. Eu não posso receber essa deputada? Foi eleita democraticamente na Alemanha. Se eu for ver a ficha de cada um para ser atendido. Primeiro, vou demorar horas para atender”, completou.

As declarações foram dadas por Bolsonaro a apoiadores no Palácio do Alvorada e transmitidas por um canal no Youtube. O titular do Executivo comparou, ainda, o encontro com a parlamentar alemã ao momento em que recebeu o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF), que o alertou sobre as irregularidades no contrato da Covaxin, vacina contra a covid-19 produzida pela Índia.

“Igual eu recebi aqui o deputado Luis Miranda aqui, não vou falar nada sobre ele. Deixa ele. Está sendo investigado pela PF, pelo Conselho de Ética da Câmara também”, disse.

Encontro

O encontro da deputada alemã com Bolsonaro ocorreu em Brasília. Na ocasião, ela também se encontrou com parlamentares bolsonaristas (Bia Kicis, por exemplo). Beatrix, que integra o partido de extrema-direita Alternativa para Alemanha, compartilhou imagens da reunião em sua conta no Instagram.

“Em uma conversa de uma hora, pude discutir a situação de nossas duas nações com o presidente. Fiquei profundamente impressionada com a compreensão que o presidente tem dos problemas da Europa e dos desafios políticos de nosso tempo”, disse.

“Embora tivesse acabado de terminar mais uma internação hospitalar em decorrência do assassinato, ele parecia controlado, determinado e cheio de confiança. Em contraste com o que a grande mídia retratou, ele é humilde, bem-humorado e amigável nas relações pessoais. O Presidente é, sem dúvida, um homem de convicções profundas, de fé cristã e de profundo amor pela pátria”, completou a alemã.

Beatrix comentou ainda que, para ser capaz de combater com sucesso a esquerda, “os conservadores também devem se relacionar melhor internacionalmente”. “O Brasil é uma potência emergente e, ao lado dos EUA e da Rússia, pode ser um parceiro estratégico global da Alemanha com quem podemos construir o futuro juntos”, acredita.

 

Créditos desta matéria – noticias.r7.com/