Assembléia define continuidade da greve na UFBA

Assembléia define continuidade da greve na UFBA

Greve na UFBA permanece em votação com 210 votos a favor

IMG-20150915-WA0003

Uma assembléia realizada nesta terça-feira (15) definiu a continuidade da greve da Universidade Federal da Bahia (UFBA), que já dura mais de 100 dias.  O Comando de Greve, durante a assembléia, chegou a repudiar o decreto do Palácio do Planalto que suspende a realização de novos concursos públicos.  389 professores estiveram presentes na Reitoria.

Representantes do Diretório Central de Estudantes (DCE) e da Associação Nacional dos Estudantes Livres (Anel) declararam apoio a greve. A defesa foi justificada pela categoria (professores)  não ter sido respondida como deveria pelo governo federal.  Além de afirmarem que o Planalto está agindo de maneira destrutiva em relação a educação e falou que os empresários e os banqueiros que são beneficiados pelo governo.

Após o momento de informes, os professores que se inscreveram falaram sobre a votação e o posicionamento deles sobre o atual estado da greve. Às 18:45, a votação foi iniciada e por 210 votos a favor, 63 contra e 3 abstenções, os professores da UFBA decidiram pela continuidade da greve.

Fonte/ varela noticias