Bahia: PRF e PM realizam Operação Rota Segura.

20150911035737 (2)

1.397 motocicletas fiscalizadas em um dia de Operação Conjunta

A ação ocorreu em todo o Brasil e fez parte do calendário de operações que prosseguirá até o final do ano. Na Operação desenvolvida nesta quinta (10), a Polícia Rodoviária Federal (PRF), juntamente com a Polícia Militar da Bahia (PM-BA), intensificou as fiscalizações aos motociclistas em todo estado.

A Operação temática Rota Segura nesta terceira etapa, teve como foco a fiscalização aos motociclistas. A PRF analisou pesquisas e estudos que apontam o crescente envolvimento das motocicletas em acidentes graves.  Segundo estudos do Ministério da Saúde, ¼ das mortes em acidentes de trânsito no país, envolvem estes veículos. Além disso, a maioria dos condutores de motocicletas sequer possuem CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Nesta terceira etapa, somente entre 14h00 e 18h00, os policiais fiscalizaram 1.397 motocicletas, das quais 321 foram autuadas, sendo que 65 ficaram recolhidas por algum tipo de irregularidade.

 

Estatísticas de acidentes na Bahia

Somente no primeiro semestre de 2015, nas rodovias federais, a PRF contabilizou 4.381 acidentes, sendo 725 envolvendo motocicletas/motonetas, o que correspondeu a 10,97% do total de acidentes.

Devido ao elevado risco desse tipo de veículo em rodovias federais, o número de mortos no mesmo período pesquisado, chegou a 79, o que equivale a 24,16% do total de óbitos.

Se forem analisados os números de acidentes graves, que são aqueles em que pelo menos um dos envolvidos feriu-se gravemente ou foi a óbito, esse número chegou a 247, equivalendo a 36,27% do total de acidentes graves ocorridos nas rodovias federais da Bahia.

 

Na Bahia, as principais ações de fiscalização às motocicletas e ciclomotores aconteceram na região de Feira de Santana com o emprego do Grupo de Motociclistas da Regional – GMR/BA, em conjunto com o Esquadrão Asa Branca da Polícia Militar.

Durante a operação, as equipes táticas contaram com a colaboração da Concessionária de Rodovias Viabahia, para rebocar os veículos apreendidos.

Da redação do capimgrosso.com.br

Informações: NUCOM/PRF-BA