Coité: menina de 4 anos tem mais da metade do corpo queimado e mãe é a principal suspeita

 Coité: menina de 4 anos tem mais da metade do corpo queimado e mãe é a principal suspeita

viatura-no-hospital-municipal

Policia Militar e duas conselheiras tutelares conduziram mãe da criança à delegacia de Serrinha | Foto: Raimundo Mascarenhas/ Site Calila Notícias

Uma menina de 4 anos deu entrada no Hospital Português – Unidade Municipal de Conceição do Coité, com 80% do corpo queimado no inicio da tarde deste domingo (30). A mãe da criança, identificada como Rosana, embora negue, é a principal suspeita de ter ateado fogo no corpo da menina. A criança foi socorrida ao hospital pelo avô, que contou com a ajuda de vizinhos para apagar o fogo do corpo da vítima, que foi transferida para outra unidade em Feira de Santana ou Salvador devido à gravidade dos ferimentos.

A menina, que estava consciente ao ser socorrida, teria contado a um policial que a mãe tinha jogado água nela, mas, ao ser questionada se queria ver sua mãe, ela teria dito que não. Após conversar com a criança, os policiais se dirigiram até a residência da mãe dela, que fica no bairro da Jaqueira, onde encontraram a mulher, que foi encaminhada ao Plantão Central da Polícia Civil em Serrinha, onde a ocorrência foi registrada.

Ao site Calila Notícias, Rosana alegou que não sabe como aconteceu o incidente com a criança e disse que estava amamentando outra filha, de um ano e meio, quando cochilou e só acordou no momento em que a menina estava em chamas. À reportagem do Calila, vizinhos disseram que a mulher sofre de transtornos mentais e que ao ver populares tentando salvar a garota “ela dizia que estava ocupada varrendo a casa”. Até às 17h10 deste domingo não havia informações sobre o estado de saúde da criança. As circunstâncias do incidente ainda não foram esclarecidas. O caso deve ser investigado pela Polícia Civil.

Fonte/ Santa Luz Noticias