Depois de proposta da Embasa, trabalhadores decidem encerrar greve

001

Os funcionários da Embasa, após realização de assembleias na sede da empresa e 13 unidades do interior, aceitaram a proposta de acordo coletivo apresentada pela Embasa e, com isso, suspenderam a greve por tempo indeterminado iniciada nesta mesma segunda-feira, dia 13.

A Embasa ofereceu reajuste salarial de 8,34%, retroativos a primeiro de maio, repondo a inflação medida pelo INPC-IBGE para o período de maio de 2014 a abril de 2015. Além disso, ofereceu reajuste em vários benefícios de ordem econômica (tíquete refeição, auxílio creche etc) e se comprometeu a apresentar, em agosto, a proposta de revisão do plano de cargos e salários, implantando essa revisão no primeiro semestre do próximo ano.

Já a Cerb, a segunda maior empresa de saneamento do estado, permanece em greve. A paralisação nessa empresa foi iniciada no último dia 6. Com isso, estão suspensos serviços como perfuração de poços artesianos e construção de sistemas de abastecimento de água no interior.

Fonte/ adelsoncarvalho.com