Dois suspeitos de manter 10 venezuelanos em situação de trabalho escravo são presos em  Itabuna interior da Bahia

 Dois suspeitos de manter 10 venezuelanos em situação de trabalho escravo são presos em  Itabuna interior da Bahia

Venezuelanos foram encaminhados para a Polícia Federal de Ilhéus

Foto: Secretária de Trabalho de Ilhéus

 

Dois homens foram presos em flagrantes na manhã de quinta-feira (18) por suspeita de manter 10 venezuelanos em situação similar a trabalho escravo em uma oficina de manutenção de equipamentos de parques de diversões em Itabuna.

Segundo a Secretaria do Trabalho de Ilhéus, os venezuelanos estão em situação regular no Brasil, mas sem autorização para trabalhar. Após denúncias, a Polícia Federal e integrantes da secretaria esteve no local e encontraram os venezuelanos.

Eles dormiam no local de trabalho e não tinham cama. Além, eles eram obrigados a repassar parte do salário, que ainda não foi divulgado, para o pagamento de passagens, alimentação e serviços de TV e internet. Os venezuelanos foram encaminhados para a Polícia Federal de Ilhéus.

A Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) afirmou que está acompanhando este caso: “Vamos avaliar e estudar a maneira mais adequada de acolhimento dessas vítimas, que estavam atuando de maneira análoga à escravidão, sem direitos e condições adequadas para o exercício das atividades. Nosso objetivo é proteger a vítima neste primeiro momento”, afirmou o coordenador do CETP/SJDHDS, Admar Fontes.

As  informações  são  do  varela  noticias

Da  redação  capimgrosso.com.br