Esporte: Ex-Vitória, goleiro do Londrina não deve atuar nas sextas e sábados por conta da religião

Esporte: Ex-Vitória, goleiro do Londrina não deve atuar nas sextas e sábados por conta da religião

IMAGEM_NOTICIA_5

Foto: Pedro A. Rampazzo /Divulgação / Londrina

Uma questão religiosa pode mudar o planejamento do Londrina para a atual temporada. Isso tudo porque o goleiro Vitor, titular no acesso da equipe à Série B, tomou uma decisão radical: não fazer mais atividades nas noites das sextas e aos sábados, por ser adventista.
Com isso, o arqueiro deve desfalcar o clube na maioria das partidas, já que grande parte dos jogos da segunda divisão acontecem às sextas e sábados – além das terças-feiras. No entanto, mesmo com esse empecilho, o contrato do atleta deve ser renovado.
“Sou de família católica e me converti adventista. Para algumas pessoas, o que importa é apenas ganhar dinheiro e ir pra balada, mas para mim não” disse o atleta, em entrevista à ESPN.
Com esse fato, deve haver um revezamento debaixo das traves do Londrina. Marcos Rangel deve assumir a titularidade em muitas partidas no segundo semestre – no estadual do Paraná não há jogos aos sábados.
Com 30 anos, Vitor foi revelado pelo Vitória, clube no qual conseguiu o acesso à Série B, em 2006. No Leão, ele não teve tantas chances, por ter as concorrências de Emerson e Rafael Córdova. Um jogo em que o goleiro foi titular foi na derrota para a Tuna Luso (PA). Nessa partida, além dele ter sido expulso, um fato curioso aconteceu: o confronto foi realizado às 10h, horário pouco convencional para jogar futebol.
Além de não jogar em algumas partidas, o jogador recusou uma proposta da Chapecoense para jogar a Série A. Contudo, ao saber da negativa do goleiro em jogar e treinar nessas datas, o clube catarinense desistiu do negócio. Com isto, Vitor pode enfrentar o Bahia, na Série B.

Fonte/ Bahia Noticias