Fátima Nunes cobra reabertura das agências do Banco do Brasil em Canudos e Caldeirão Grande

Fátima Nunes cobra reabertura das agências do Banco do Brasil em Canudos e Caldeirão Grande

????????????????????????????????????
????????????????????????????????????

As agências foram fechadas em decorrência de assaltos, mas a deputada lembrou que o Governo do Estado tem combatido as ações dos bandidos e busca garantir mais segurança para a população.

Inconformada com o fechamento das agências do Banco do Brasil nos municípios de Canudos e Caldeirão Grande, a deputada estadual Fátima Nunes (PT) cobrou da direção da instituição a reabertura das duas agencias. O pedido foi feito na manhã desta última segunda-feira (23), para a Superintendência do Banco. “ Conversei com a assessora do superintendente, a senhora Dejanira Leão, e mais uma vez cobrei e expliquei a necessidade do meu pedido. A gente não pode admitir que essas cidades fiquem sem o Banco do Brasil, um órgão tão importante e um dos principais Bancos do país. O fechamento dessas unidades está causando um transtorno imenso para a população dos dois municípios”, justificou a deputada.
Fátima Nunes explicou ainda que já ocorreram três reuniões com o Banco, estando presentes o superintendente Sérgio Dourado ,os prefeitos Genário Rabelo de Alcântara Neto (Géo), de Canudos, e João Gama Neto (Netinho), de Caldeirão Grande, além dos vereadores e representantes dos comerciantes dos dois municípios, quando foi firmado o compromisso de reabertura das unidades. “Superintendência Regional do banco me garantiu reestudar a medida, então vou continuar cobrando”, disse Fátima Nunes.

As agências foram fechadas em decorrência de assaltos, mas a deputada lembrou que o Governo do Estado tem combatido as ações dos bandidos e busca garantir mais segurança para a população. “Sei que a diretoria do Banco é sensível ao pedido e entende a necessidade das pessoas, afinal as cidades do interior crescem a cada dia e, cada vez mais, precisam do suporte de instituições bancárias”, concluiu a parlamentar.

Fonte: Calila Noticias