Juiz manda PF apreender celulares de Geddel e autoriza arrombar portas e cofres

Juiz manda PF apreender celulares de Geddel e autoriza arrombar portas e cofres

Foto: Reprodução

O juiz Vallisney de Souza, de Brasília, determinou a apreensão dos celulares do ex-ministro Geddel Vieira Lima no despacho em que concedeu a prisão preventiva dele. De acordo com informações do Estadão Conteúdo, o juiz autorizou a Polícia Federal a ‘forçar entrada e arrombar portas e cofres, na hipótese de resistência de seu cumprimento’. E também ‘autoriza empregar força contra coisas existentes e todos os meios legais para o cumprimento do mandado’. O pedido de prisão do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) feito pelo Ministério Público Federal (MPF) teve como base os depoimentos do doleiro Lúcio Bolonha Funaro, do empresário Joesley Batista e do diretor jurídico do grupo J&F, Francisco de Assis e Silva – sendo os dois últimos em acordo de colaboração premiada. Segundo o MPF, Geddel buscou os envolvidos para tentar impedir que o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e Funaro firmassem acordo de delação premiada.

As informações são do Noticias de Santaluz