Maternidade Santo Amaro corre grande risco de fechar

Maternidade Santo Amaro corre grande risco de fechar

Por conta do possível fechamento, acontecerá uma manifestação denominada “Ato contra o fechamento da Maternidade de Santo Amaro”, no dia 07 de abril, às 16h na própria maternidade
12910282_10209059510794936_35399036_n

A Maternidade de Santo Amaro é uma instituição filantrópica que há 80 anos, atende o município e região. O único Centro Cirúrgico funcionando na cidade, corre grande risco de fechar. O motivo para possível fechamento é que o convênio da instituição com o estado acabou depois que a prefeitura assumiu a municipalização plena da saúde, resultando no convênio com uma cota mínima que não atende nem o custo básico dos serviços.

Por causa dessa situação, a Rede de Mulheres Negras juntamente com o Sindicato de Trabalhadores Rurais de Santo Amaro, Sintraccisa, Sindcelpa, e Sindiser  além da população da região e adjacências, irão promover uma manifestação denominada “Ato contra o fechamento da Maternidade de Santo Amaro”, no dia 07 de abril [Dia Mundial da Saúde], as 16h na própria maternidade.

A intenção do ato é chamar atenção  para uma situação  de grande responsabilidade, uma vez que toda região perderá um local que faz cirurgias e partos – inclusive cesárias, tendo que transferir tudo para Salvador ou Feira.

Fundado em 1936, o Hospital Maternidade Santo Amaro presta diversos atendimentos médicos ambulatoriais. Diariamente são atendidas dezenas de gestantes, não só de Santo Amaro, mas, também dos diversos municípios circunvizinhos – Candeias, São Francisco do Conde, Saubara, Terra Nova, São Sebastião do Passé, Amélia Rodrigues, Conceição do Jacuípe, Teodoro Sampaio e Madre de Deus.

Fonte/ Varela Noticias