No dia de combate ao câncer de pele: conheça os sintomas e o tratamento da doença

 No dia de combate ao câncer de pele: conheça os sintomas e o tratamento da doença

Bahia registrou 60 internações por causa da doença em 2016

cancer-de-pele

Câncer de pele é uma doença que se manifesta através de ferimentos com grande infiltração no corpo (Foto: Divulgação)
Este sábado, 26 de Novembro, é um dia muito importante em termos de saúde e conscientização. É o dia nacional de combate ao câncer de pele. O câncer de pele é um dos mais nocivos, caso não se descubra à tempo e a Bahia registrou um número razoável de casos em 2016. Foram 60 internações por causa da doença, Bahia, sendo 12 delas em Salvador, de acordo com os números da Secretaria de Estado da Bahia (SESAB). Já o Instituto de Nacional do Câncer fez uma estimativa de que a Bahia feche o ano com 5.250 pessoas com esta patologia.

Varela Notícias conversou com um especialista para falar sobre a doença. “O câncer de pele pode ser detectado através de um exame clínico. A doença é uma lesão na pele que normalmente se forma um cascão, é aquela que não cicatriza e que tem boa infiltração na pele e, tem um detalhe importante, a ferida não precisa ser muito grande.”, disse o oncologista, doutor Francisco Dantas.

 

A falta de informação e o desconhecimento da doença para o Dr. Francisco Dantas são os principais motivos para a alta incidência da doença na Bahia, além de, obviamente, a grande exposição das pessoas ao sol. “Muitas pessoas não sabem da importância de se usar o protetor solar caso fique muito exposto ao sol, principalmente nos horários onde a incidência é maior e, é muito importante estas campanhas e o trabalho da imprensa deste processo de conscientização da doença”, afirmou o oncologista.

O médico consultado pelo VN falou da importância de que a doença seja descoberta antes de que ela evolua para algo sistêmico ou uma metástase (quando o câncer se espalha para outros órgãos). “O diagnóstico da doença é clínico e depois disso se faz a biopsia, onde o tratamento já é iniciado, pois, caso seja descoberta no início, o tratamento é apenas cirúrgico. Sem grandes consequências… O problema é quando o câncer entra em processo de metástase e começa a evoluir, com isto, são necessários procedimentos como radioterapia e quimioterapia”, explicou o especialista.

Curiosidade 

A Bahia é o estado que possui maior índice do melanoma acral, câncer de pele que afeta a planta do pé, em todo o Brasil, de acordo com números do Ministério da Saúde. Somente em Salvador, pelo menos 1.254 casos da doença foram registrados entre os anos de 2008 e 2015. Apesar deste alto índice, este tipo de câncer como a grande maioria dos cânceres de pele, possui 90% de chances de cura, por isto, é fundamental que a patologia seja descoberta o quanto antes.

Fonte/ Varela Noticias