Passageira tem voo cancelado, viaja de ônibus e ganha R$ 10 mil da Gol na Bahia

Passageira tem voo cancelado, viaja de ônibus e ganha R$ 10 mil da Gol  na Bahia

Fotos: Reprodução

A GOL Linhas Aéreas foi condenada pela justiça baiana a pagar R$ 10 mil de indenização para uma passageira que teve o voo cancelado e foi obrigada a viajar de ônibus de Salvador até a cidade de Ilhéus em 2014.

No recurso feito, a VRG Linhas Aéreas, incorporadora da GOL, alegou  o cancelamento por remanejamento da malha viária, principalmente após o fechamento do espaço aéreo por questões de segurança para a realização do jogo Alemanha x Portugal na Copa do Mundo Fifa e chamou o valor de indenização de absurdo.

A passageira havia comprado à passagem em fevereiro de 2014 para viagem em dezembro do mesmo ano, mas só fora comunicada da mudança em junho. Viajou para Guarulhos (SP), ainda em junho, com a garantia da Gol que no retorno faria conexão em Salvador para seguir a Ilhéus, mas ao chegar no Aeroporto Internacional Luis Eduardo Magalhães foi informada que a conexão tinha sido cancelada.

O retorno da passageira foi no dia 19/06 e o jogo alegado pela empresa aconteceu em 16/06, três dias depois. “Ademais, ainda que tenha ocorrido jogo na cidade do Salvador na data da conexão da autora, deveria a empresa aérea ter levado tal fato em consideração, haja vista que a interrupção do tráfego aéreo em dias de jogo nas cidades sede da Copa do Mundo de 2014 foi oficialmente noticiada com antecedência pelo Diretor da ANAC, o Sr. Marcelo Guaranys, conforme se verifica da leitura de diversas notícias veiculadas na mídia e facilmente localizadas através de pesquisa”, citou o relator José Jorge Lopes Barreto da Silva nos autos.

Levou em consideração também decisão de 2012 do Superior Tribunal de Justiça que concedeu o pagamento de R$ 20 mil a uma passageira que havia perdido um concurso público devido o cancelamento de um voo.

Fonte/ Bocão News