Politica: Rui Costa define ações emergenciais para a convivência com a seca no interior

Politica: Rui Costa define ações emergenciais para a convivência com a seca no interior

O governador Rui Costa definiu em reunião nesta quarta-feira, dia 25, diretrizes para combater a seca que já atinge 150 municípios baianos. “As medidas vão surtir efeito imediato para o abastecimento de água da população”, afirmou Rui. Estiveram presentes na reunião secretários de Estado. O encontro, que é um desdobramento da audiência do governador com a presidente Dilma Rousseff, em Brasília, teve como objetivo de formular um plano de ações emergenciais que será enviado ao governo federal o mais breve possível. No último dia 19, ficou definido que o governo federal financiará a execuções desses projetos.

Rui determinou à sua equipe a sistematização de ações de rápida execução, solicitação para extensão de redes de abastecimento, cisternas, sistemas de água, dessalinizadores, carros-pipa para zona rural, entre outras medidas. Atendendo a esta demanda, segundo o secretário da Casa Civil, Bruno Dauster, durante a reunião desta quarta-feira foram apresentadas todas as ações que precisam ser desenvolvidas em caráter emergencial. “O governador analisou os projetos, a exequibilidade, e a partir daí consolidamos a lista de obras emergenciais para enfrentar a seca não somente no entorno de Sobradinho, mas em todo o semiárido”, disse o secretário.

 

 

8795,rui-costa-define-acoes-emergenciais-para-a-seca-em-150-municipios-2

 

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Informação: Adelson Carvalho