Professor acusado de estuprar aluna tem prisão preventiva decretada, diz TV

Professor acusado de estuprar aluna tem prisão preventiva decretada, diz TV

Segundo a lei, relação com menores de 14 anos é tratado como estupro de vulnerável

prisão-professor

Foto: Reprodução/Record Bahia

 

O professor de geografia Raul Rodrigues Guimarães Neto, 29 anos, teve um pedido de prisão preventiva decretado. Ele é acusado de se relacionar com uma aluna menor de idade, de apenas 12 anos, do Colégio Anchieta, em Salvador. A informação foi confirmada pela Record Bahia, nesta sexta-feira (9).

O caso foi registrado na Delegacia Especial de Repressão aos Crimes contra a Criança e o Adolescente (Derca). Segundo a lei, relação com menores de 14 anos é tratado como estupro de vulnerável. O Varela Notícias entrou em contato com a assessoria do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), que informou que o caso corre em segredo de Justiça.

Segundo se informa, o professor mantinha um relacionamento amoroso com a adolescente. O caso, que teria durado pouco mais de um ano, só foi descoberto porque a menina foi encontrada na casa do acusado. O suspeito morava no bairro do Garcia, mas se mudou para um condomínio ao lado da instituição de ensino para ficas mais próximo da adolescente – que hoje tem 14 anos.

Na época em que o caso foi descoberto, a direção do Colégio Anchieta disse que o professor pediu demissão da instituição, mas por outro motivo e não confirmou o caso.

Fonte: Varela Noticias