Rui Costa fala sobre lei que reduz gratificação dos professores: “Ajustes têm que ser feitos”

Rui Costa fala sobre lei que reduz gratificação dos professores: “Ajustes têm que ser feitos”

A Bahia vai seguir pagando um dos três maiores salários para professores do Brasil

(Foto: Marco Correia/ Varela Notícias)

O governador Rui Costa esteve na diplomação dos deputados eleitos em 7 de outubro. Na ocasião, ele foi questionado sobre as medidas que vem tomando para reequilibrar as contas do Estado e falou sobre o impacto no novo mandato do projeto aprovado pela Assembléia Legislativa, que reduz as gratificações dos professores estaduais:

“Os ajustes têm que ser feitos. Dezoito estados atrasaram salários e nesse momento seis não pagam salários, 13º salário. E a Bahia vai seguir pagando um dos três maiores salários para professores do Brasil. 51% dos professores na Bahia recebem mais de 8 mil reais”, afirmou. “O que eu quero fazer é o que outros estados já fizeram, vinculando a gratificação ao crescimento dos indicadores de educação”.

Ele falou ainda sobre as expectativas para o novo mandato, que começa em 2019: “Vamos começar carregado de inaugurações e início de obras. Vamos inaugurar o novo aeroporto de Vitória da Conquista, que é uma grande obra sonhada por toda a região. Vamos iniciar a obra do novo Clériston Andrade, em Feira de Santana. Vamos iniciar em janeiro mais cinco quilômetros de metrô, além das obras do VLT. Além de mais 10 policlínicas, que entrego até o mês de abril. Então o ano vai começar com muitas ações positivas”, contou.

As informações são do Varela Noticias