Saúde: Confirmado primeiro caso de microcefalia no Hospital Geral Clériston Andrade

Saúde: Confirmado primeiro caso de microcefalia no Hospital Geral Clériston Andrade

93298-3

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

O diagnóstico da doença foi dado desde o mês de julho a partir de exame de ultrassom e não há relatos que a mãe da criança tenha tido o Zika vírus durante a gestação.

O Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em Feira de Santana, confirmou seu primeiro caso de microcefalia em um bebê do sexo masculino que nasceu na unidade no último sábado dia (9), às 16h.
Segundo o diretor médico do hospital, Alexandre Silva Dumas, o caso foi confirmado pelo diâmetro da cabeça do bebê, menor que 32 cm.

O diagnóstico da doença foi dado desde o mês de julho a partir de exame de ultrassom e não há relatos que a mãe da criança tenha tido o Zika vírus durante a gestação. Vários exames estão sendo realizados para investigar sobre a doença e a criança após receber alta deverá ser acompanhada pelo Hospital Estadual da Criança (HEC).

“O diagnóstico de microcefalia é dado pelo diâmetro da cabeça, quando é menor do que 32 cm. Estão sendo feitos os exames e após a alta hospitalar a criança será encaminhada para o Hospital Estadual da Criança (HEC) para fazer outros exames de tomografia, de sangue e pesquisar sobre, dengue, zika, chicungunya e várias outras viroses que poderiam ser causadoras da microcefalia”, afirmou o médico em entrevista ao Acorda Cidade.
De acordo com a Secretaria de Saúde (Sesab) o número de casos notificados de bebês com suspeita de microcefalia na Bahia subiu de 366 para 450 em uma semana. Os casos ocorreram em 83 municípios baianos, sendo Salvador a cidade com maior quantidade de casos, 263, o que representa 58% do total.

Fonte/ Acorda Cidade