Zika Vírus pode ser transmitido por relação sexual, afirma infectologista

Mosquuito_dengue-550x320

Transmissão também acontece perinatal (de mãe para filho) e transfusão de sangue

Além da transmissão pela picada do mosquito Aedes egypti, ou aesdes albopictus (escífico para a Zika), o Zika Vírus tem outra forma de contágio: através de relações sexuais. É o que afirma o médico infectologista Kleber Luz, professor de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

O mosquito albopictus, que já existe no Brasil (e em Salvador), foi identificado por  pesquisadores no Vale do Canela. Segundo o subsecretário de Saúde, Roberto Badaró, o inseto chegou ao país em contêineres de navios.

O médico aponta ainda outras possibilidades de transmissão: perinatal (de mãe para filho), transfusão de sangue e via sexual.

“Esses vírus acabam tendo essas possibilidades de transmissão, além, é claro, pelo mosquito do gênero Aedes”, explicou Luz, em apresentação aos 250 médicos, na última quarta-feira (8), no Hospital Geral Roberto Santos.

Fábio Amorim, infectologista do Hospital Couto Maia, apontou ainda o grau de eficiência do Zika Vírus. “O Zika está se mostrando altamente virulento. Pelo que a gente nota, é necessário uma quantidade pequena para o desenvolvimento do vírus”, disse.

Fonte/ varelanoticias.com