‘A gente advoga pela soberania dos países’, diz Mourão sobre Ucrânia

Mourão descarta possibilidade de confronto entre Ucrânia e Rússia

Mourão descarta possibilidade de confronto entre Ucrânia e Rússia Marcelo Camargo/Agência Brasil – 24.11.2021

O vice-presidente Hamilton Mourão negou, nesta quarta-feira (23), qualquer possibilidade do Brasil reconhecer as províncias separatistas na Ucrânia, e descartou riscos de confronto com a Rússia. “A gente sempre advoga pela soberania dos países”, disse.

Para Mourão, o reconhecimento das regiões controladas por separatistas só seria possível mediante plebiscito. “O separatismo é algo complicado. Para haver separação seria necessário que isso fosse manifestado pela maioria étnica”, defendeu. 

O vice-presidente brasileiro acredita que as chances de confronto entre Ucrânia e Rússia são remotas. “Não vejo predisposição das potências ocidentais de levar as coisas até as últimas consequências.”

Posse no TSE

Em conversa com jornalistas, Hamilton Mourão falou ainda sobre a  cerimônia de posse de Edson Fachin como presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

“Não fui para substituir o presidente. Fui convidado e aceitei o convite. Foi uma cerimônia longa”, disse o vice-presidente. 

O presidente da República, Jair Bolsonaro, alegou “compromissos preestabelecidos em sua extensa agenda” para não participar da posse do ministro, que ocorreu nesta terça-feira (22).

A justificativa do presidente foi enviada como ofício ao TSE na segunda-feira, e foi assinada pela chefe do gabinete adjunto de Agenda do Gabinete Pessoal do Presidente da República, Cláudia Teixeira dos Santos Campos. 

Créditos desta matéria – noticias.r7.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.