Assassino da filha de Gloria Perez, Guilherme de Pádua gera revolta ao se tornar pastor e lançar canal no YouTube

Assassino da filha de Gloria Perez, Guilherme de Pádua gera revolta ao se tornar pastor e lançar canal no YouTube

Aaron Tura

Guilherme de Pádua, assassino da filha de Glória Perez, virou YouTuber (Foto reprodução)

O ex-ator Guilherme de Pádua está causando muita revolta na internet, após anunciar que se tornou YouTuber e montar um canal para falar sobre a palavra de Deus. Para quem não sabe, ele foi condenado por ter matado Daniella Perez, filha da autora Gloria Perez, a facadas em 1992. Condenado a 19 anos de cadeia, ele permaneceu apenas 7 anos cumprindo pena e foi liberado

“Tem 26 anos que eu tenho contato com presídio. Sete anos preso, mais 19 participando de projetos. (…) Na igreja em que frequento, conheço dezenas de pessoas que eram do crime mudarem de vida porque se tornaram crentes. De certa forma, a igreja é um ambiente muito propício para pessoas que têm a tendência de fazer coisas erradas. A cultura é: precisamos fazer o correto. Porque, intimamente, dentro de cada um que começa a crer em Cristo, existe aquele sentimento que existe um Deus em mim, e que esse Deus me perdoa dos meus pecados, lança no mar de esquecimento e deles não se lembra mais”, afirma Guilherme de Pádua em vídeo no Youtube, do qual os comentários foram desativados.

Hoje crente assumido e pastor, Guilherme de Pádua gera revolta dentro e fora do mundo artístico. Na época do crime, ele e a então esposa, Paula Tomaz, mataram juntos Daniella Perez, que também era atriz.

 

Com informações www.otvfoco.com.br