Cabral negocia delação premiada com MPF e PGE

 Cabral negocia delação premiada com MPF e PGE

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Fontes ligadas ao ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB), preso desde novembro do ano passado, suspeito de chefiar esquema de corrupção e lavagem de dinheiro, está negociando um acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF) e a Procuradoria-Geral da República (PGR). De acordo com informações do jornal Valor Econômico, os depoimentos podem atingir integrantes do Judiciário e do próprio Ministério Público. Ele foi alvo da Operação Calicute, braço da Lava Jato no território fluminense. Os advogados de Cabral ainda não se pronunciaram sobre o assunto. Mas, ainda de acordo com o Valor, as conversas estão na fase em que o candidato a delator apresenta a procuradores os fatos que está disposto a entregar. Na etapa seguinte, o material será encaminhado ao MPF, que decide se as informações são ou não relevantes. A decisão do ex-governador foi motivada pelo receio de ele receber uma pena de prisão muito alta, que poderia chegar a 50 anos.

As informações são do Noticias de Santaluz