Dirceu é recebido com fogos de artifício e protestos na cadeia

Dirceu é recebido com fogos de artifício e protestos na cadeia

Ele entrou pelas portas dos fundos. Dois carros e uma van entraram pela frente para despistar os manifestantes.

 

O ex-ministro José Dirceu, preso nesta última segunda-feira (3), na 17ª fase da Operação Lava Jato chegou à Superintendência da Policia Federal (PF), em Curitiba, por volta das 17h30 desta terça-feira (4). A transferência foi autorizada pelo ministro Luis Roberto Barroso e pelo juiz Sérgio Moro.

Embora a defesa tenha alegado que era desnecessária a transferência, uma vez que o investigado já cumpria pena em prisão domiciliar, o pedido de não-transferência foi negado.

Ao chegar no local, Dirceu foi recebido com o fogos e manifestos (que não eram de solidariedade). Um grupo de 50 manifestantes, do lado de fora da PF , protestava contra o PT carregando faixas e textos contra o partido. O grupo começou a dispersar assim que o ex-ministro chegou à carceragem da PF.

José Dirceu não entrou pela porta da frente, mas pela dos fundos, enquanto duas viaturas e uma van passavam pela da frente, com forma de despistar possíveis aglomerações em torno do investigado pela Lava Jato. Ele deve permanecer na carceragem da PF aguardando novas determinações da PF.

Fonte/ varela noticias.com