Eduardo Cunha convoca coletiva e critica TV Globo: “Há um nítido cerceamento de defesa”

Eduardo Cunha convoca coletiva e critica TV Globo: “Há um nítido cerceamento de defesa”

“Todos os dias o William Bonner arranja alguém para falar de mim.”, declarou

eduardo-cunha-2

Foto: Reprodução/TV Câmara

O presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse nesta terça-feira (21) que está tendo o direito de defesa cerceado. O deputado marcou uma coletiva de imprensa às 11h, no Hotel Nacional em Brasília, com o objetivo, segundo ele, de retomar “a comunicação direta com os veículos de comunicação”.

O deputado abriu a entrevista citando a TV Globo, e outros “alguns algozes” dele que seriam escalados diariamente, em rodízio, para atacá-lo e ele, como não dá entrevista, não aparece se defendendo. “Todos os dias o William Bonner arranja alguém para falar de mim.”, declarou Cunha.

“Tenho restringido [a comunicação] à notas ou manifestações no Twitter. Isto tem prejudicado muito minha versão dos fatos como também a comunicação. Resolvi voltar com regularidade prestar satisfações, eu mesmo me expor ao debate, às entrevistas porque isto está me prejudicando. Há um nítido cerceamento de defesa meu”, disse nos primeiros minutos da entrevista.

Cunha fez um discurso de pouco mais de uma hora, fazendo uma retrospectiva do mandato como presidente da Câmara e voltando a afirmar que tem contas no exterior. Ainda na coletiva, ele afirmou que não vai renunciar – diferentemente do que era esperado.

Fonte: Varela Noticias