Joelma vai à delegacia e diz que está sendo perseguida por Chimbinha e se sente ameaçada

Joelma vai à delegacia e diz que está sendo perseguida por Chimbinha e se sente ameaçada

joelma

A cantora Joelma, da Banda Calypso, foi a delegacia da polícia paraense, na última quarta-feira, dia 9, para denunciar que se sentia ameaçada pelo guitarrista. Segundo o boletim de ocorrência obtido pela TV Liberal, emissora local, a cantora relatou à delegada Rosalina Arraes que está sendo perseguida pelo músico através de ligações feitas para suas empregadas domésticas e pessoas próximas. Joelma também diz que teme pela sua integridade física, porque o ex-marido possui histórico de violência e, inclusive, já teria agredido um dançarino da banda Calypso.

Em entrevista ao site G1, Mauro Neto, assessor do grupo disse que a denúncia não procede e que Chimbinha não comentaria o caso. “Quem está fazendo a acusação é a Joelma, e quem acusa é que deve provar”, disse Neto. A assessoria da banda Calypso foi procurada pela reportagem e declarou, ainda na quarta-feira, dia 9, que Joelma foi à delegacia por um assunto pessoal e que não poderia falar devido ao sigilo de investigação.

380x228xRTEmagicC_2aafa92a7e.jpg.jpg.pagespeed.ic.V1Ry9N3smi

Fontes, do jornal carioca Extra, informaram que a intenção de Joelma foi denunciar o guitarrista por “inverdades” que ele teria dito sobre ela. “Existem ainda as versões de que alguém teria usado o CPF das duas empregadas para a compra de chips de celular e de que elas teriam sofrido ameaças de Chimbinha e Joelma foi testemunhar a favor delas”, contou a delegada que ouviu a cantora, Rosalina Arraes.

Apesar da separação, o guitarrista garante que continua na banda Calypso. Apesar disto, ele está afastado dos palcos desde quatro de setembro, por conta de uma cirurgia nos olhos. O afastamento deve durar cerca de 15 dias e, durante este período, o pernambucano Ian Marinho, de 26 anos, ocupa o lugar de Chimbinha nos palcos.

Fotos: Divulgação/Reprodução TV Liberal

Fonte/ Adelson carvalho