Politica: Justiça Federal autoriza depoimento de Dilma na Operação Zelotes

Politica: Justiça Federal autoriza depoimento de Dilma na Operação Zelotes

Presidente terá que explicar sobre sua participação no processo de edição e aprovação de medidas provisórias que concederam incentivos fiscais a montadoras de veículos

DILMA-NOVO-1

(Foto: Lula Marques/ Agência PT)

A Justiça Federal autorizou o depoimento de Dilma Rousseff (PT) como testemunha de um réu da Operação Zelotes. A decisão do juiz Vallisney de Souza Oliveira tem como base pedido da defesa de Eduardo Valadão, empresário que solicitou que a presidente da República deponha na investigação.

A presidente terá que explicar sobre sua participação no processo de edição e aprovação de medidas provisórias que concederam incentivos fiscais a montadoras de veículos. Os depoimentos têm previsão devem ter início na próxima sexta-feira (22), na capital federal.

Vale lembrar que Dilma tem a prerrogativa de responder por escrito às perguntas, dizer desde logo que não sabe nada sobre o que está sendo investigado ou abrir mão da prerrogativa de mandar as respostas por escrito e agendar uma data para ser ouvida.

A Operação Zelotes, deflagrada em março de 2015, apura suspeita de pagamento de propina para integrantes do Carf com o objetivo de anular ou reduzir débitos tributários de empresas com a Receita Federal. A força tarefa que apura o caso também investiga a suposta venda de duas medidas provisórias na época em que ele comandou o Palácio do Planalto e uma no governo Dilma.

O Palácio do Planalto informou que não vai comentar sobre o fato de a presidente ser autorizada pela justiça para testemunhar na operação.

Fonte/ Varela Noticias