Sérgio Cabral é transferido para Curitiba

Sérgio Cabral é transferido para Curitiba

A transferência de Cabral para Curitiba foi decidida porque ele estaria recebendo visitas irregulares na cadeia

 

O ex-governador Sérgio Cabral agora é colega de cárcere do deputado cassado Eduardo Cunha. Os dois políticos do PMDB do Rio, ambos presos no âmbito da Operação Lava Jato, estão cumprindo prisão preventiva na carceragem da Polícia Federal de Curitiba. Cabral foi transferido, na tarde de ontem, para a capital paranaense, por determinação do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio.

cro3t8b4yx65gx3n4t7c3feq1

Polícia Federal faz a transferência de Sérgio Cabral para CuritibaReprodução TV

O magistrado recebeu denúncia do Ministério Público do Estado de que Cabral vinha recebendo visitas irregulares no Complexo Penitenciário de Gericinó. Entre os que visitaram Cabral estão autoridades do estado, como o presidente da assembleia Legislativa do Rio (Alerj), deputado Jorge Picciani (PMDB).

Além disso, quando a defesa do ex-governador entrou com ação pedindo a libertação de Cabral, alegou que o ex-governador corria risco em Bangu, onde também estão traficantes e milicianos presos na sua gestão. O juiz Bretas não concedeu a liberdade,mas se valeu também dos argumentos dos advogados de Cabral para justificar a transferência.

 

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que todas as visitas de familiares de Cabral foram previamente cadastradas e que os deputados têm prerrogativa de entrar no presídio mesmo fora de horário de visitas.

Cabral é investigado em processo da 13ª Vara Federal de Curitiba (Operação Lava Jato), do juiz Sérgio Moro. Segundo a denúncia, ele recebeu R$2,7 milhões da construtora Andrade Gutierrez, por obras no Complexo Petroquímico do Rio (Comperj). O suposto pagamento da propina recebida por Cabral teria sido intermediada por Paulo Roberto da Costa, ex-diretor da Petrobras. No Rio, ele é investigado na Operação Calicute, que apura rombo de R$ 220 milhões aos cofres do estado.

 

Cabral saiu de Bangu 8 com destino à Curitiba, por volta das 10 horas. Ele usava camisa branca e calça jeans, e abraçou, na despedida, três filhos que tinham ido visitá-lo. Levando duas sacolinhas de plástico com seus pertences, embarcou na viatura da Polícia Federal e saiu do complexo debaixo de vaias e gritos de ladrão. O avião com o ex-governador decolou da Base Aérea do Galeão, por volta das 14 horas. Duas horas depois, chegou a Curitiba.

Fonte/ O Dia