Silvio Santos e Lula se encontraram para tratar do Banco Panamericano, diz MPF

Silvio Santos e Lula se encontraram para tratar do Banco Panamericano, diz MPF

 

 

 

 

Na época, Silvio Santos disse que a conversa trataria de doações ao “Teleton”

O Ministério Público Federal (MPF) revelou que Luiz Inácio Lula da Silva e Silvio Santos se encontraram, no Palácio do Planalto, em setembro de 2010, para resolver pendências do banco Panamericano.

A reunião foi mencionada pelo MPF no pedido encaminhado para 10ª Vara Federal do Distrito Federal para deflagração da Operação Conclaveo. O encontro não estava previsto na agenda presidencial e, na época, o apresentador afirmou que se tratava de um pedido dele para doações ao “Teleton” – que arrecada fundos para a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD).

Já o Ministério Público afirma que o tema central foi a “busca de meios a fim de salvar o banco Panamericano” e aconteceu logo após a descoberta pelo Banco Central de “inconsistências contábeis” no Panamericano, que à época pertencia ao Grupo Silvio Santos.

As fraudes no banco Panamericano vieram à tona em novembro de 2010, período no qual o banco anunciou o Grupo Silvio Santos aportaria dois bilhões e quinhentos milhões de reais na instituição para o “restabelecimento do equilíbrio patrimonial e ampliação de sua liquidez operacional, após a constatação das ditas inconsistências contábeis”.

Nesta semana, a 10ª Vara da Justiça Federal de Brasília autorizou a quebra do sigilo do irmão de Silvio Santos, o diretor-conselheiro do banco Henrique Abravanel. Ele e outras 42 pessoas são investigadas na Operação Conclave, da Polícia Federal. A investigação está em cima do processo de venda de ações do Banco Panamericano, que era da família Abravanel, para a Caixa Econômica Federal, em 2009.

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Federal, a apuração é sobre a suposta prática de crimes de gestão temerária e gestão fraudulenta nos negócios. O banco foi vendido posteriormente para o BTG Pactual, em 2011.

Fonte/ RD1