Capim Grosso: Servidores públicos vão a câmara protestar contra aumento salarial do poder legislativo

Capim Grosso: Servidores públicos vão a câmara protestar contra aumento salarial  do poder legislativo

20160621_092934

FOTO: CAPIMGROSSO.COM.BR

Na sessão desta Terça-feira dia 21 de junho de 2016 foi encaminhada para as comissões da Câmara Municipal de Vereadores o projeto de lei de nº 134 que tem como finalidade aumentar os salários dos vereadores e do gestor. Porem essa proposta não tem sido bem aceita por parte da população de Capim Grosso – BA e dos servidores públicos do mencionado município. Mesmo sabendo que o reajuste salarial só entra em vigor em 1 de janeiro de 2017 quando será dado posse ao novo gestor e aos novos edis. E para demonstrar a sua insatisfação com o projeto dezenas de servidores estiveram presente no plenário da câmara nessa manhã de terça-feira de acordo com informações colhida por nossa equipe a indignação dos servidores não está restrita apenas ao aumento salarial do gestor e dos vereadores e sim ao não reajuste da categoria e a falta de salubridade. Após a sessão nossa equipe ouviu um servidor reclamando que teve um colega de trabalho que recebeu meia diária mesmo tendo trabalhando 25h ainda segundo esse servidor as diárias são pagas a cada quinze dias.

Em conversa com o vereador Vivaldo Moreira o popular Vado Verde Mares (PV). O mesmo nos relatou que é contra ao aumento salarial e que o mais coerente seria congelar o salário dos vereadores e prefeito o mesmo ainda disse que bom seria se os vereadores não fosse remunerados o mesmo usou como exemplo o Município de Agua Branca que fica no sertão da Paraíba (PB), que ao invés de aumentar reduziu o salário dos vereadores para um salário mínimo. Da Redação CG