Capim Grosso:Promotor de Justiça fala em I Fórum de Combate ao Trabalho Infantil

forum1

Na noite da última quarta-feira, 08, aconteceu na  Câmara Municipal de Vereadores, o I Fórum Municipal de Combate ao Trabalho Infantil, promovido pela Secretaria Municipal de Assistência Social do município de Capim Grosso. A mesa de abertura do evento foi formada pela Secretária Municipal, Hosana Ferreira, Prefeito Sivaldo Rios, Promotor de Justiça, Dr. Luciano Valadares e Vereador Bruno Vitor.
Dr. Luciano Valadares, ao fazer uso da palavra, mencionou a realidade de Capim Grosso, lembrando que a situação de trabalho infantil não ocorre apenas com jovens fazendo frete na feira livre, “precisamos lembrar-nos das empregadas e pedreiros mirins”. Citou a situação de crianças que trabalham em lixões, “não sou professor, mas tenho a convicção que precisamos fazer algo pra mudar essa realidade”. “Ao mesmo tempo em que precisamos coibir o trabalho infantil, nós precisamos criar oportunidades e alternativas para essas crianças”, ressaltou.

O Prefeito Sivaldo Rios, citou os investimentos do município na área de educação e cultura, como melhoria na merenda escolar, projetos Mais Educação e Mais Cultura, apoio a fanfarras e grupos musicais, construção de quadras de esportes e creches, dentre outras ações.

A Secretária de Assistência Social, Hosana Ferreira, fez a abertura do Fórum mencionando o significado da luta em defesa das crianças do município.
O vereador Bruno Vitor, representando a Câmara Municipal, citou os problemas que os pais enfrentam atualmente na educação dos filhos, tendo como maior motivo a ausência dos próprios pais, “são poucos os pais que sabem onde estão seus filhos durante a noite”. Entre os problemas mais graves, citou também o uso de motocicletas e veículos por menores de idade.

O Assistente Social, Anderson Santos, apresentou índices sobre o trabalho infantil, mencionando que no Brasil as regiões mais afetadas são o nordeste e sudeste, enquanto no nordeste o estado mais atingido é a Bahia. No município de Capim Grosso, atualmente, há cerca de 4.177.00 crianças executando atividades que podem ser denominadas trabalho infantil.

A Secretaria Municipal de Assistência Social realizou pesquisa na feira livre do município, onde 100 crianças foram entrevistadas em um dia, deste número, cerca de 79 responderam as questões. Foi constatado que as crianças que mais realizam trabalhos na feira livre, são do Bairro Novo Oeste.

Para finalizar o evento, fizeram uso da palavra: a Diretora Joelma Moraes, representante de gestões escolar, Coordenador de vigilância epidemiológica, Rangel, representantes do Conselho Tutelar do município e Assistentes Sociais.

Fonte/ frnoticias.com Foto/ frnoticias.com