Entulho ao lado do Mercado de Carne prejudica trânsito

 Entulho ao lado do Mercado de Carne prejudica trânsito

O REPORTERBAHIA registrou na manhã desta quinta-feira, 25 de outubro, na Praça da Feira Livre, em frente ao Mercado de Carne, uma grande quantidade de entulho, proveniente de alguma construção nas proximidades, mas bastaram apenas poucos minutos para ter uma ideia de que o material está prejudicando o trânsito e a passagem de pedestres, principalmente quando é registrado uma aglomeração a mais de veículos em torno do material.

Vale citar que desde janeiro do ano em curso, a administração municipal da prefeita Lydia Pinheiro, PSD, vem informando para a população, que a responsabilidade de recolher os entulhos, não é mais do município e sim do proprietário da construção. Para muitos moradores que participam sempre do Jornal Transamérica 2ª edição, a decisão da gestão municipal mediante votação de projeto em torno da Reforma Tributária, com votação em 2017, é prejudicial. Além de anunciar a decisão em destaque, a gestão apresentou também uma tabela com valores, em caso de não cumprimento com as determinações do município.

Entre as exigências da prefeitura estão o a obrigatoriedade de alvará para reformas e a proibição de caçambas para acúmulo de entulhos na calçada, sob risco de multa de R$ 70 por dia, traz matéria do Bahia Notícias, publicada no dia 28 de dezembro de 2018.

Na mesma matéria, a Secretaria de Finanças de Capim Grosso alegou que a regra foi criada após a elevação do número de casos de ruas obstruídas por causa de reforma de imóveis na cidade. “A lei só foi criada porque os entulhos estavam tomando as ruas a ponto de ficar sem espaço para trânsito de pessoas”, declarou a administração do município ao Bahia Notícias. Para quem quiser construir, além do alvará, a atenção ao lixo deve ser redobrada. A constatação de obstrução de passagem gera uma multa de R$ 500. Todos os restos das obras devem ser encaminhados para o aterro da cidade que fica na entrada do Vale do Caçara. Os custos com transporte são de total responsabilidade do dono do imóvel, completou a matéria do citado site de notícias.

Texto e foto: Arnaldo Silva– Fotos: Foto: Reprodução / Leitor BN / WhatsApp e Reprodução / Diário Oficial da Cidade.

Com informações Reporter Bahia