Governador é cobrado sobre implantação do SAC em Capim Grosso em entrevista na rádio 98 de Campo Formoso

 
Governador é cobrado sobre implantação do SAC em Capim Grosso em entrevista na rádio 98 de Campo Formoso

O REPORTERBAHIA participou de entrevista na sexta-feira, 25, nos estúdios da rádio 98 FM, de Campo Formoso, cidade onde o governador Rui Costa esteve entregando obras e anunciando novas realizações.

Na mesa redonda composta por Gilvan Macário, da 98 FM, que atuou na função de âncora, Cosme Bonfim, representando a Rainha FM de senhor do Bonfim, Eloilton Cajuí representando a rádio Caraíbas de Senhor do Bonfim, Arnaldo Silva representando o Grupo Lomes de Rádio Difusão, com acompanhamento de membros da equipe de comunicação do governador, prefeita Rose Meneses de Campo Formoso, funcionários da emissora, dentre outros. A entrevista começou pouco mais de meio dia, com término próximo das 14 horas.

Assuntos como previdência, PLANSERV, eleições nacionais, Secretaria da Fazenda de Jacobina, assuntos ligados a Campo Formoso, Senhor do Bonfim, uma das perguntas que fizemos girou em torno da implantação do SAC em Capim Grosso, promessa feita no dia 09 de maio na visita do Governador Rui Costa, por conta dos festejos dos 33 anos de emancipação polícia. Na oportunidade a prefeita Lydia Pinheiro, PSD, pediu de presente para Capim Grosso a implantação de um SAC, o mesmo que tem em Jacobina, dentre outras cidades da Bahia. No pronunciamento do governador, a solicitação seria transformada em realidade o mais breve possível, necessitaria apenas de um espaço adequado para a implantação do SAC e seus serviços. Moral da história: o 1º mandato do governador Rui Costa terminou e a promessa de implantar o SAC em Capim Grosso não foi cumprida. “Quero aproveitar a oportunidade para cumprimentar a prefeita Lydia e quanto a cobrança, estamos trabalhando com esse propósito de implantar novos SACs em cidades da Bahia, quanto a essa promessa de Capim Grosso, vamos buscar informações e se possível pedir ao responsável para conceder uma entrevista para falar sobre a implantação do SAC, mas não tenham dúvidas de que a promessa será cumprida”, disse o governador Rui Costa.

Na nossa participação perguntamos ao governador sobre a derrota do PT no âmbito nacional diante de colocação feita por Haddad na imprensa nacional de que a falta de diálogo com os evangélicos teria provocado a derrota nas eleições, que teve Jair Bolsonaro eleito presidente da república.

O governador respondeu de forma muito rasa focando na prisão de Lula, que na sua opinião não tem provas que comprovem o envolvimento do ex-presidente no tocante ao Tríplex de Guarujá. “No dia que apresentarem um papel riscado dizendo que Lula tem participação no caso do Triplex aí eu me calo. Tudo que fizeram foi para tirar Lula da disputa”, disse o governador.

Perguntamos também sobre o déficit da Previdência na ordem de R$ 4 bilhões de reais, gerando assim um grande debate entre os servidores, com direito a protesto e muitas críticas ao governador. “Quando eu recebi o governo o débito da Previdência era de R$ 2 bilhões de reais, hoje está em R$ 4 bilhões. Agora como vamos resolver um problema dessa natureza cobrando mais impostos? ” Perguntou o governador. O governado salientou que as medidas anunciadas para conter o déficit não resolvem por inteiro, mas amenizam e certamente contribuirão para que o governo respire mais aliviado.

Dentro da mesma pergunta sobre o déficit da Previdência, perguntamos ao governador sobre o PLANSERV, que teve contrapartida do governo diminuída de 4 para 2%. “Tem gente que não sabe o que é o PLANSERV; na verdade é um plano para atender as necessidades dos servidores do estado. Descobrimos agora procedimentos que estavam sendo feitos que não compete ao plano. O que estamos fazendo é restaurando o plano para melhor atender a categoria”, explicou o governador.

Outro questionamento feito girou em torno da Secretaria da Fazenda de Jacobina, que na explicação do governador, não foi transferida para Irecê. “A secretaria não foi transferida para Irecê, pois lá já tem, o que estamos fazendo é contendo gastos de estrutura dentre outros pontos e levando tudo isso para o plano da tecnologia, serviço que vai continuar sendo oferecido a população através do SAC. Futuramente vamos extinguir todas as secretarias porque não tem necessidade já que todos os serviços podem ser feitos via online”, colocou Rui Costa.

Agora é só aguardar o desdobramento do 2º capítulo da promessa feita no dia 09 de maio de 2018, na Praça 09 de Maio, quanto a implantação do SAC, que sem sombra de dúvidas será muito importante para Capim Grosso e região.

Ana Paula, locutora da 98 FM

Gilvan Macário, locutor da 98 FM

Eloilton Cajuí, locutor da Rádio Caraíbas de Senhor do Bonfim

Texto: Arnaldo Silva Fotos: Arnaldo Silva e Edmundo Filho.

AS informações são do Reporter Bahia