Lei dos quinze minutos não é cumprida em Capim Grosso

IMG_20141201_134346[1]

Nas agencias bancarias em sua maioria absoluta e principalmente no interior do estado onde a fiscalização acontece com menos frequência, a lei dos quinze minutos não é observada pelos gerentes bancários, isso não é novidade no entanto nesta Segunda Feira em Capim Grosso na Agencia do banco do Brasil aconteceu um fato que extrapola todos os precedentes.

Com apenas três caixas para atender ao público sendo que um deles é destinado as pessoas com necessidades especiais o que termina sobre carregando os demais caixas, foi registrado um situação de espera muito grande o que gerou insatisfação e reclamações por parte dos correntistas e demais usuários. Toda essa situação mostra que já está mais do que na hora da agencia do banco do Brasil de Capim Grosso aumentar o quadro de funcionários para amenizar o tempo de espera, cumprindo assim a lei dos 15 minutos e acima de tudo proporcionando um pouco mais de respeito e conforto para os usuários da instituição.
Em conversa com um dos clientes o mesmo nos contou que entrou as 13:52h e só foi atendido por volta das 17:05 h, pra piorar tinha gente que estava lá desde as 10:00 h.

É importante ressaltar que o poder executivo pode aplicar multar por descumprimento a lei dos quinze minutos, diga se de passagem Lei esta que não vem sendo cumprida a tempos em Capim Grosso, bem como cobrar a disponibilização de serviços simples e essências na vida de qualquer ser humano como banheiro e água, duas coisas que a agencia do banco do Brasil de Capim Grosso não colocou ainda a disposição do público.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *