Projeto “Canal do Sertão” é apresentado em audiência pública da Codevasf


Projeto “Canal do Sertão” é apresentado em audiência pública da Codevasf

A Codevasf – Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba –  realizou nesta quarta-feira, 22 de Maio, na Câmara Municipal de Vereadores, a 1ª audiência pública de uma série que está programada para falar das ações da empresa pública brasileira, com sede em Juazeiro da Bahia, no tocante ao projeto: Canal do Sertão.

A obra, também batizada como transposição do Eixo Sul do Rio São Francisco, vai percorrer mais de 300 quilômetros, tendo o trecho inicial de 20 km entre as cidades de Juazeiro e Senhor do Bonfim, assim como outras cidades da região, num total de 43 municípios, com investimentos na ordem de R$ 5 bilhões de reais.

Participaram da audiência pública, o município de Capim Grosso, Gavião, Capela do Alto Alegre, São José do Jacuípe, Quixabeira, Mairi, Várzea da Roça, dentre outras cidades do Território da Bacia do Jacuípe, incluindo membros e representações da sociedade civil organizada, imprensa, com destaque para o Jornal Transamérica com Arnaldo Silva, que cobriu ao vivo o evento de mais de duas horas de explanação e debate.

Um dos representantes da Codevasf falou sobre as cidades do Território da Bacia do Jacuípe, número de habitantes, de eleitores, crescimento através do PIB – Produto Interno Bruto – com destaque para a Capim Grosso, num bloco de 10 cidades, que apresentou de forma satisfatória números que indicam forte crescimento econômico, tendo como parâmetro para esse crescimento, o comércio, mas precisando ainda de investimentos e uma política mais efetiva, mais voltada para o desenvolvimento de ações mais concretas, com foco, na geração de emprego e renda, bem como no fortalecimento da cadeia produtiva, com citação ainda para o IDH – Índice de Desenvolvimento Humano – de Capim Grosso e das demais cidades do Território, foram considerados baixos, exigindo desses municípios, a mudança de comportamento no tocante as suas políticas públicas.

Além do projeto Canal do Sertão, outras frentes foram também citadas na audiência, tais como: Esgotamento Sanitário, Caprinovinocultura, Apicultura, Avicultura, Piscicultura, Economia Criativa, dentre outras ações, que segundo Elmo Nascimento, superintendente da Codevasf, serão desenvolvidos em todos os municípios que compõem a área de abrangência da empresa responsável hoje por 147 municípios.

Quanto ao projeto Canal Sertão, o superintendente falou que se tudo ocorrer dentro do esperado, em dez anos o projeto que já é uma realidade, passará a refletir de fato na vida das pessoas. “Vai depender muito da economia do país e do esforço político de cada município beneficiado, governo do estado, federal”, disse Elmo, em entrevista para a Transamérica Hits.

 

Texto e fotos: Arnaldo Silva, DRT – 2805/BA.

Com  informações   repórter  Bahia

Da  redação  capimgrosso.com.br