Vereador  Jefferson  da  embasa  apresenta  projeto  de  lei  que  proíbe  agressores  de  mulheres  de  assumir   função  publica

Vereador  Jefferson  da  embasa  apresenta  projeto  de  lei  que  proíbe  agressores  de  mulheres  de  assumir   função  publica

 

( foto  Facebook  da  câmara)

Na   noite  da  ultima segunda-feira   29  de  Abril   de  2019,  na   sessão  realizada  na  câmara  municipal  de  vereadores  de  Capim  Grosso, que  fica  localizada  na   região  norte do  Estado  da  Bahia, o  vereador  Jefferson  Ferreira  (Jefferson  da  embasa) ,  apresentou  um  projeto  de  lei  de nº 172, de 2019,  que dispõe  pela  proibição de agressores  de  mulheres  assumir  cargo  publico.  Em  conversa   com  o  capimgrosso.com.br  o  edil disse:”nos,  fomos  procurados   por  um coletivo  de  mulheres, onde  discutimos  e  trocamos  opiniões  para  formarmos  alguns  entendimento,  e  toda  ação  que  venha  proteger a  mulher  ela  é  salutar,  nos  sabemos  que  as  leis  elas   já  são  muito  rígidas para  quem  comete  violência  contra  a  mulher   mas  nos  precisamos  no  âmbito  do  município  também  estarmos  desenvolvendo  projetos,  leis, projetos  educativos  para  que  venhamos  sensibilizar   a população  para  que  ela  venha  se  conscientizar  do  poder  que  a  mulher  tem.    A  mulher  empoderada ,  para  que  possa  ocupar  os  seus  espaços  e  ter  as  convicções ,  coragem de  fazer  as  denucias  e  esse  projeto nada  mais  é do  que uma  ação  do  nosso  mandato para  que  venha  contribuir contra  a  violência  das  mulheres. Ou, seja  todas as  pessoas  que  forem  denunciadas  e  julgados  através  da  lei  Maria  da  penha por  agressão  eles  estão  impedidos  através  desse  projeto  de  lei  de  assumir  qualquer  cargo   função  publica  esse  é o  nosso  projeto e acreditamos  que  teremos  o  apoio  dos  nobres colegas.” O parlamentar  acrescentou  que  “a prefeita  Lydia,  apóia  essas  iniciativas  por  ser  também  defensora  dos  direitos  da  mulher, que  a  mulher  não  pode  se calar e  a mulher  tem  que  esta  a  frente das  políticas  publicas e  com  certeza  sendo aprovado  aqui  na  sessão  o  que  eu acredito  que  será ,  a prefeita  ira sancionar  e será  mais um  projeto em  defesa da  mulher   em  Capim  Grosso.”

Da  redação  capimgrosso.com.br